Covid-19: Ipatinga amplia a cobertura de vacinas para pessoas de 60 e 61 anos

 Covid-19: Ipatinga amplia a cobertura de vacinas para pessoas de 60 e 61 anos

A chegada de uma nova remessa de vacinas permite à Prefeitura de Ipatinga ampliar o alcance da campanha de imunização contra a Covid-19 no município. Conforme a Secretaria de Saúde, já nesta quarta-feira (5) começam a ser atendidas com a primeira dose do imunizante as pessoas com idades de 60 e 61 anos. Outra boa notícia é que, de acordo com boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (3), Ipatinga atinge o expressivo número de 59.494 pessoas alcançadas pelas vacinas até o momento.

A aplicação da segunda dose para os idosos e trabalhadores que já receberam a primeira dose também continua nesta semana, conforme programado pelos Agentes de Saúde. Na sequência, o próximo grupo a ser assistido será o de pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, gestantes e puérperas.

A Secretaria de Saúde informa que em relação à imunização do grupo de gestantes, todas serão atendidas no momento em que iniciar a vacinação do contingente de pessoas com comorbidades. No entanto, haverá uma divisão entre gestantes com comorbidades (que serão atendidas primeiro) e gestantes sem comorbidades.

Redução de mortalidade

Outra notícia muito positiva para ser comemorada no município é a redução do número de mortes de idosos acima de 85 anos. Um levantamento realizado pela Secretaria de Saúde de Ipatinga, na última semana, concluiu que houve redução de mortalidade de 40% neste grupo.

Além da taxa de mortalidade, que teve uma queda no município, a taxa de internação também experimenta uma redução de 59% no período de março a abril.

“Esse levantamento mostra que a vacina está de fato sendo efetiva. Nós conseguimos diminuir a mortalidade em 40% na faixa etária imunizada com as duas doses. Precisamos ainda observar nos outros grupos, mas o resultado mostra que de fato a vacina é efetiva”, explica Carmelinda Lobato, médica infectologista.

Queda de contaminação

Outra informação de relevância é a queda na taxa de transmissão da doença (Rt), de uma média de 1,5 em março para 0,8 em abril.

A Secretaria de Saúde informa que quando os números de referência são maiores que 1, em geral ocorre um aumento acelerado dos casos de Covid-19. Entretanto, o contrário também é válido, para uma Rt menor que 1, como é o caso atual de Ipatinga. Assim, acontece a redução automática de casos diários.

As autoridades de saúde locais ressaltam, no entanto, que a pandemia não está controlada e ainda há muito a fazer, considerando que a ajuda da população é indispensável para assegurar que os índices permaneçam em queda.

Orientações 

O idoso a partir de 63 anos que ainda não compareceu à Unidade Básica de Saúde para tomar a primeira dose do imunizante na data marcada para início da vacinação de sua faixa etária pode procurar em qualquer dia da semana sua UBS de referência.

Mesmo na hora de vacinar, é necessário estar utilizando máscara e manter o distanciamento social. É exigido que o idoso leve o documento de identidade com foto e apenas um acompanhante, para evitar aglomeração.

 

Publicações relacionadas

X