Meme de garota em frente a um incêndio é vendido por US$ 473 mil

 Meme de garota em frente a um incêndio é vendido por US$ 473 mil

Zoe Roth Foto: Reprodução

Uma foto de uma garota que sorri, em primeiro plano, enquanto um prédio queima no fundo se tornou um meme já clássico na internet.

Feita em 2005, a foto agora foi vendida por US$ 473 mil (R$ 2,5 milhões) ao ser transformada em NFT (a sigla vem da expressão “token que não se consome com o primeiro uso” em inglês; na prática, é um selo de autenticidade digital que garante a propriedade de uma imagem, e faz do comprador o único dono da imagem). As informações são do jornal “Independent”.

A foto foi vendida pela própria retratada, Zoe Roth, hoje uma mulher de 21 anos que estuda na Universidade de Chapel Hill.

Segundo o “Independent”, a imagem foi registrada pelo pai da menina em 2005. Ela virou um meme pela expressão levemente sádica ao ver uma casa pegar fogo — há uma sugestão sutil de que ela mesma tenha sido responsável pelo incêndio, o que não é verdade. A menina e o pai estavam passeando pelo bairro da cidade de Mebane, no estado da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, onde viviam, quando o incêndio acontecia.

O fogo, na verdade, foi provocado pelos próprios bombeiros em um incêndio controlado para que eles pudessem treinar.

Roth decidiu transformar a foto de seu pai em um NFT depois de receber um telefonema, em fevereiro. Ela foi convencida de que a imagem poderia render uma boa soma de dinheiro no mercado de NFTs.

O NFT da foto não foi vendido em dólares, mas, sim em uma criptomoeda, o ethereum. A cada vez que o NFT for revendido, Zoe vai receber 10% do valor de transação.

Roth e seu pai procuraram um agente especializado em pessoas cujas imagens foram usadas em memes e, depois, conseguiram dinheiro com a piada.

Publicações relacionadas

X