“Estamos à beira do abismo”, diz secretário da ONU

 “Estamos à beira do abismo”, diz secretário da ONU

Secretário da Organização das Nações Unidas, António Guterres Foto: EFE/EPA/Justin Lane

Durante a Cúpula do Clima, nesta quinta-feira (22), o secretário da Organização das Nações Unidas, António Guterres, falou em aliança pelo clima. Guterres diz que o planeta está à beira do abismo e que é preciso tomar atitudes rápidas para evitar um futuro próximo em que será preciso gastar trilhões para tentar contornar os estragos causados no clima.

– Precisamos diminuir as emissões de gás para os níveis de 2005. Os países não podem esperar. Na última década, já vimos os níveis das emissões de carbono maiores que nas últimas décadas. As temperaturas começaram a subir e trouxeram a possibilidade de catástrofe – disse.

Guterres pediu que todos os países, sobretudo os maiores emissores de gases do efeito estufa, adotem medidas ambientais “mais ambiciosas” nos próximos 10 anos.

– Os efeitos [do aquecimento global] são para todas as nações. Precisamos do planeta verde. Estamos à beira do abismo. Precisamos estabelecer um acordo para que cada nação, cada empresa seja parte dessa aliança – destacou.

O secretário ressaltou, ainda, que o engajamento de jovens e mulheres está influenciando setores da economia na busca por ações efetivas contra as mudanças climáticas.

– Os jovens estão mostrando aos mais velhos o que está acontecendo. As mulheres estão na linha de frente, e isso encoraja o setor financeiro pelo objetivo da emissão zero, que pode trazer trilhões de gastos nos próximos anos caso não consigamos cumprir nossas metas. Vamos mobilizar lideranças políticas para nos unirmos e trazermos dignidade e prosperidade para todos – finalizou Guterres.

Fonte: Pleno News

Publicações relacionadas

X