Apesar de melhora, estado de saúde de Paulo Gustavo ainda é grave; acompanhe o caso

 Apesar de melhora, estado de saúde de Paulo Gustavo ainda é grave; acompanhe o caso

Paulo Gustavo é ator e humorista (Foto: Divulgação)

O ator e humorista Paulo Gustavo não apresenta complicações em seu quadro clínico e já demonstra sinais de recuperação das funções do pulmão. É o que afirma o último boletim médico divulgado por sua assessoria de comunicação, no inicio da semana, 20. Paulo Gustavo está internado desde o dia 13 de março, por causa de complicações da Covid-19. No entanto, seu estado de saúde ainda é considerado grave.

Durante o tratamento, o humorista já passou por várias intervenções e tratamentos, como o uso do ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea), aparelho capaz de funcionar como um pulmão e um coração artificiais para pacientes que estão com os órgãos comprometidos. O humorista está internado na Unidade de Terapia Intensiva no Copa Star, em Copacabana, no Rio de Janeiro.

Acompanhe o caso

* A hospitalização do ator foi divulgada por sua assessoria de imprensa no dia 15 de março.

* No dia 25 de março, quatro dias após a intubação do humorista, Thales Bretas, marido do humorista, se pronunciou sobre o estado de saúde do marido, afirmando que o ator havia apresentado uma melhora, respondendo bem ao respirador mecânico.

* Os boletins médicos sobre o ator apontam para uma melhora lenta, mas progressiva.

* Em um boletim médico divulgado em 1º de abril, a equipe afirmou que Paulo Gustavo seguia “tendo evolução favorável no tratamento contra o coronavírus”.

* Agravamento do quadro: apenas um dia após a nota divulgada sobre uma melhora no estado de saúde do comediante, Thales Bretas anunciou que Paulo apresentou um agravamento do estado de saúde e foi submetido a uma terapia por ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea).

* No dia 3 de abril, Bretas postou uma foto-montagem sua com seu marido ”velhinhos”, com cabelos e barbas brancas. “Eu te falei que vamos ficar velhinhos juntos!!!”, disse o dermatologista. .

* Ainda no dia dia 3 de abril, Paulo Gustavo passou por uma pleuroscopia, um procedimento que serve para a equipe médica ter uma melhor compreensão da situação dos pulmões do paciente. Nela, foi identificada uma fístula bronco-pleural, que impedia a adequada ventilação mecânica, tendo sido imediatamente corrigida.

* Nos dias 4 e 9 de abril, ele foi submetido à toracoscopia, procedimento para correção dos problemas apresentados. Neste intervalo de tempo, Paulo Gustavo precisou realizar transfusões de sangue e seu marido pediu aos fãs e amigos que ajudassem a abastecer os bancos de sangue com doações em nome do ator. Diversos famosos aderiram à campanha, como as atrizes Claudia Raia e Monique Alfradique.

* No domingo, 11 de abril, o boletim médico divulgado pela assessoria do ator apontou que o seu quadro havia piorado, indicando complicações pulmonares e hemorrágicas. Diante da situação grave do ator, artistas e fãs se uniram em uma corrente de oração por sua melhora. Tatá Werneck, Marcos Veras, Ingrid Guimarães, Maria Flor, Leandro Hassum e Débora Nascimento se manifestaram na postagem em prol da superação do ator.

* Na quinta-feira, dia 15, a assessoria do ator divulgou novo boletim que informava sobre uma “normalização da coagulação” com o tratamento instituído, “sem sinais de hemorragias”, após uma série de intervenções realizadas nos dias anteriores.

* As vitórias alcançadas na semana passada resultaram em uma melhora geral no quadro do ator, de acordo com último boletim médico divulgado na última terça-feira, 20, pela assessoria do artista.

Fonte: O Povo 

Publicações relacionadas

X