Ipatinga entrega CEAC – Centro de Atendimento à Covid

 Ipatinga entrega CEAC – Centro de Atendimento à Covid

Com o objetivo de garantir maior eficácia e agilidade da rede de saúde local para assistência às pessoas com sintomas evidentes e suspeita de contaminação pelo coronavírus, o prefeito Gustavo Nunes e o vice Alexsandro Espírito Santo, acompanhados dos secretários de Saúde, Cleber de Faria, e de Governo, Roberto Soares, e da secretária de Obras, Jessica Mara, inauguraram na tarde desta segunda-feira (19), no Novo Centro, o Centro Especializado de Atendimento à Covid-19 (CEAC).

Em coletiva à imprensa, o chefe do Executivo ressaltou o empenho do governo municipal em acelerar a implantação da Unidade que será a porta de entrada para respostas aos casos primários de Covid-19. Conforme ele, o prédio onde funcionou o antigo Restaurante Popular deveria ter sido entregue com as adaptações para a nova finalidade ainda no final do ano passado. Contudo, a gestão atual encontrou a obra paralisada e sem qualquer perspectiva de finalização, devido a pendências financeiras não saldadas pelo governo anterior junto à empresa executora das obras. “Fizemos uma negociação objetiva e transparente com a construtora, regularizamos as dívidas atrasadas e, da parte deles, cumpriram o compromisso de concentrar todos os seus esforços, inclusive remanejando equipes de trabalho, para a conclusão do projeto”, explicou o prefeito.

A ideia é que o CEAC preste o primeiro atendimento aos casos com suspeita de Covid, sendo aqueles com evidência de maior gravidade direcionados para a UPA e o Hospital Municipal Eliane Martins.

Novas instalações

O prédio do antigo Restaurante Popular, “que ficou abandonado por anos e depois recebeu outros investimentos, mas nunca sendo colocado de alguma forma à disposição da população”, lembrou Gustavo Nunes, foi completamente reformulado e adequado para as novas finalidades. Em ambiente totalmente climatizado, a capacidade é para atendimento de cerca de 200 pessoas por dia. São cinco consultórios médicos, uma ampla recepção, salas de espera, de triagem, medicação e observação, coleta de exames, farmácia, além de instalações sanitárias masculinas e femininas.

No local, o município também vai fazer a testagem para identificação de casos de Covid, visando diminuir nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) o fluxo de pessoas com sintomas leves.

A previsão é de que o trabalho no CEAC conte com uma equipe de cerca de 50 servidores. O funcionamento da nova estrutura tende a deixar mais liberadas as equipes de Saúde da Família (eSF), equipes de Atenção Primária (eAP) para atuarem em suas atividades essenciais, como acompanhamento das pessoas com doenças crônicas, pré-natal e imunização, entre outras.

Indagado por repórteres acerca da destinação projetada para as instalações após o término da pandemia, o prefeito disse que isto ainda está sendo estudado pelo governo. Mas, embora ainda não haja uma decisão a respeito, ele considerou a possibilidade de o local vir a ser uma nova Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Outras medidas emergenciais

O secretário de Saúde, Cleber de Faria, ressaltou que “o CEAC é mais um equipamento de primeira linha concluído em tempo recorde pela administração municipal para produzir melhores resultados no enfrentamento da Covid-19 em Ipatinga. E isso se soma a outras medidas importantes que têm sido adotadas, como a intensificação da aplicação de vacinas, a duplicação da capacidade de leitos UTI-Covid, implantação de outros oito leitos de Semi-UTI e disponibilização de cerca de 34 novos leitos de enfermaria Covid no Hospital Municipal Eliane Martins”. Ele salientou ainda que a administração estruturou também 17 leitos de enfermaria clínica na Policlínica Municipal.

O secretário aproveitou a oportunidade e pediu que todos continuem se cuidando e seguindo as orientações de segurança definidas pela Vigilância Sanitária “para conseguirmos voltar à normalidade o mais rápido possível”.

“A criação deste espaço – acrescentou – é mais uma medida para evitar a disseminação da Covid-19. Seguimos trabalhando para que a nossa população seja atendida com qualidade e pedimos para que todos continuem tomando todas as precauções”, disse.

Horário de Atendimento

Nas primeiras semanas, o Centro Especializado de Atendimento à Covid funcionará de 7h às 16h, de segunda a sexta-feira. E, caso necessário, o horário poderá ser estendido até as 22 horas.

 

Publicações relacionadas

X