Paulo Gustavo reage à visita de amiga: “Tentou abrir a boca”

 Paulo Gustavo reage à visita de amiga: “Tentou abrir a boca”

Paulo Gustavo e Susana Garcia Foto: Reprodução

Diretora cinematográfica e amiga próxima de Paulo Gustavo, Susana Garcia fez uma visita neste domingo (18) ao ator, que permanece internado no Rio por complicações da Covid-19. Após rever o amigo, Susana escreveu um relato comovente e disse que o artista reagiu ao ouvi-la falar com ele.

– Ontem foi um dia muito especial com você. Assim que cheguei, comecei conversando com você e vi na hora que aumentou a sua frequência cardíaca e a respiratória. Te perguntei se você estava me ouvindo e pedi pra você mexer a sua cabeça. Você mexeu duas vezes e tentou abrir a boca. Fiquei de mão dada com você e pedi pra você apertar a minha mão, e você apertou fraquinho. Naquele momento, eu percebi que você estava conectado comigo e me ouvindo. Fiquei emocionada com vontade de chorar, mas eu não podia chorar – relata.

Susana contou a Paulo Gustavo que sua família e seus amigos sentem sua falta e frisou que todo o Brasil está em oração por sua recuperação.

– Respirei fundo e comecei a falar coisas alegres. Disse o quanto você está se recuperando e como todos nós estamos com saudades. Falei o nome de cada um da sua família, o quanto eles te amam. Dea e Ju rezam o dia inteiro por você. Falei que o Thales está ali com você todo o tempo. Que não desgruda de você. Todos os dias. O dia inteiro. E a medida que eu ia falando, eu perguntava se você estava me ouvindo, e você balançava a cabeça. Eu falei que os seus amigos rezam por você o dia inteiro. Falei do Brasil todo orando por você. Disse que você une as pessoas pelo afeto, pelo amor.

Ela narrou ainda o carinho que a equipe médica tem pelo ator.

– Você é mais amado do que você próprio imagina! Todos os enfermeiros e médicos conviveram com você por 8 dias antes de você ser intubado. E todos te adoram. É emocionante ver o carinho dos enfermeiros conversando com você, cuidando de você. E uma enfermeira me disse uma coisa que me emocionou: ela falou que o comentário no hospital é que o dia que você sair, o corredor da UTI não será largo o suficiente pra receber todo mundo que estará te aplaudindo.

Paulo Gustavo está hospitalizado há mais de um mês em hospital do Rio de Janeiro. Segundo informações do último boletim médico, ele continua na terapia intensiva, utilizando ventilação mecânica e ECMO. Sua hemorragia foi controlada e a coagulação sanguínea foi normalizada.

– A situação clínica do paciente, embora ainda crítica, traz à equipe profissional mais confiança em sua recuperação – declarou a equipe hospitalar.

Fonte: Pleno News

Publicações relacionadas

X