echo '';

Sem torcida! Cruzeiro x Atlético: clássico dos recordes viverá vazio do público pela 1ª vez

 Sem torcida! Cruzeiro x Atlético: clássico dos recordes viverá vazio do público pela 1ª vez

Último clássico teve a presença de mais de 50 mil torcedores no Mineirão — Foto: Bruno Cantini / Agência Galo / Atlético

Cruzeiro e Atlético. Atléitico e Cruzeiro. Os dois maiores clubes do estado e eternos arquirrivais disputam neste domingo um clássico centenário. Responsáveis pela paixão de milhões, os times sempre carregaram uma multidão aos estádios.Dos 15 maiores públicos pagantes da história do Mineirão, nove foram em clássicos.

Mas no próximo fim de semana, o cenário será totalmente diferente. Cadeiras vazias para este que será o primerio clássico sem públcio da história. Bem diferente do ano passado, quando em março do ano passado, dias antes de o mundo parar devido à pandemia do novo coronavírus, 53.576 torcedores acompanharam a vitória do Atlético sobre o Cruzeiro por 2 a 1, pelo Campeonato Mineiro, cravando o maior público do clássico no Novo Mineirão.

Até então, o maior público que acompanhou uma partida entre os dois maiores clubes de Minas Gerais após a reforma do Gigante da Pampulha tinha sido registrado exatamente na reinauguração do Mineirão, em fevereiro de 2013. Na ocasião, com torcidas divididas, 52.989 pagaram ingresso para ver a vitória do Cruzeiro por 2 a 1, pelo Campeonato Mineiro.

No domingo, o cenário será de cuidados. O mando é do Cruzeiro, mas o clube seguirá atendendo às determinações do protocolo de Covid evitando ao máximo o fluxo de pessoas no Mineirão, inclusive com a ausência das tradicionais bandeiras afixadas por torcedores selecionados pela diretoria nas cadeiras do estádio. Tudo para evitar aglomerações como as que vinham sendo registradas no ano passado nas proximidades do Mineirão, quando muitos torcedores esperavam nas ruas pelo ônibus das delegações.

A ausência das faixas e bandeiras já vem sendo registrada também nas partidas do Atlético. Por ser um clássico centenário, o Cruzeiro ainda decide internamente se existirá alguma ação especial no estádio por parte do marketing celeste. Mas uma coisa que está certa é a presença do áudio da torcida cruzeirense no sistema de som do Gigante da Pampulha, a única altrnativa nesta pandemia para amenizar a ausência de público.

Os 15 maiores públicos pagantes do Mineirão: 

04/05/1969 – 123.351 – Atlético 0 x 1 Cruzeiro – Mineiro

09/10/1977 – 122;534 – Cruzeiro 3 x 1 Atlético – Mineiro

21/12/1976 – 113.715 – Cruzeiro 0 x 0 Bayern – Mundial de Clubes

26/10/1980 – 115.983 – Atlético 1 x 0 Cruzeiro – Mineiro

13/02/1980 – 115.142 –  Atlético 2 x 1 Flamengo – Amistoso

15/05/1983 – 113.479 – Atlético 0 x 0 Santos – Brasileiro

08/11/1981 – 112.919 – Atlético 1 x 1 Cruzeiro – Mineiro

02/06/1968 – 110.432 – Atlético 1 x 2 Cruzeiro – Mineiro

15/12/1974 – 109;363 – Atlético 1 x 2 Cruzeiro – Mineiro

05/12/1982 – 108.935 – Atlético 2 x 1 Cruzeiro – Mineiro

04/02/1987 – 107.497 – Atlético 1 x 0 Flamengo – Brasileiro

02/08/1970 – 106.155 – Atlético 2 x 1 Cruzeiro – Mineiro

03/04/1977 – 103.725 – Atlético 2 x 0 Cruzeiro – Mineiro

05/03/1978 – 102.974 – Atlético 0 x 0 São Paulo – Brasileiro

21/11/1976 – 102.531 – Atlético 0 x 0 Fluminense – Brasileiro

Fonte: O Tempo

Publicações relacionadas

X