Tá procurando o quê?
Onde?

Após 11 dias, ocupação de leitos de UTI em BH volta para patamar abaixo dos 100%

 Após 11 dias, ocupação de leitos de UTI em BH volta para patamar abaixo dos 100%

Foto: Daniel de Cerqueira

Pela primeira vez em 11 dias a taxa de ocupação dos leitos de UTIs específicos para pacientes com a Covid-19 ficou abaixo dos 100% em Belo Horizonte. Nesta terça-feira (30), a lotação caiu para 97,2%. Na prática, o número representa que não há pacientes com confirmação ou suspeita da doença esperando por vaga em terapia intensiva.

O índice teve redução, conforme destacou a Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), porque novos leitos foram abertos nos últimos dias. “Depois da união de esforços da Prefeitura de Belo Horizonte e dos hospitais da Rede Particular, a taxa de ocupação geral de UTI Covid (SUS+ Particular) diminuiu”, reforçou o executivo. “A última vez que essa taxa ficou abaixo dos 100% foi em 18 de março”, completou.

Neste mês, apenas os hospitais conveniados ao SUS abriram 243 leitos de UTIs Covid na capital mineira. Somente nesta terça foram criadas 38 vagas. Com isso, a rede pública conta, atualmente, com 526 leitos de terapia intensiva para atender exclusivamente as vítimas do novo coronavírus.

“O maior número de leitos de UTI desde o início da pandemia”, destacou a SMSA. Na rede pública, a lotação é de 96,2%. Com relação a enfermaria também Covid, o SUS possui 1.175 unidades, sendo que 15 foram abertas nesta terça-feira e 398 ao longo dos últimos 30 dias.

“Mesmo com a redução é imprescindível que a população continue fazendo a sua parte mantendo o distanciamento social, uso da máscara e a correta higienização das mãos”, frisou a prefeitura

Fonte: O Tempo

Publicações relacionadas