Tá procurando o quê?
Onde?

“Meta é aplicar um milhão de vacinas por dia”, diz Queiroga

 “Meta é aplicar um milhão de vacinas por dia”, diz Queiroga

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga Foto: Reprodução

Em sua primeira entrevista após assumir o Ministério da Saúde, Marcelo Queiroga falou, nesta quarta-feira (24), que a meta do governo, no curto prazo, é a de aplicar um milhão de vacinas contra a Covid-19 todos os dias. O novo ministro também explicou que irá criar a Secretaria Especial de Combate à Pandemia com funcionamento por 24 horas por dia.

Marcelo Queiroga começou a falar sobre o assunto explicando a vontade dos brasileiros em se vacinar.

– A grande ferramenta para a concretude das políticas públicas é o Sistema Único de Saúde (…) O compromisso número 1 do nosso governo é com a implementação de uma forte campanha de vacinação. Todos sabem o esforço que foi feito para buscar vacinas (…) Hoje sabemos que 95% da população brasileira deseja ser imunizada. E nós, agentes públicos, temos que focar todos os esforços para que o programa tenha concretude – afirmou.

Ele disse ainda que apesar de o número poder ser maior, ainda é preciso buscar mais imunizantes.

– Com a pandemia da Covid-19, a determinação expressa do presidente da República é para que consigamos ampliar esse número de vacinação. Temos condições de vacinar muitas pessoas. Atualmente vacinamos 300 mil indivíduos todos os dias. E o ministro da Saúde e o governo assumem o compromisso de, em curto prazo, aumentar pelo menos em três vezes a velocidade de vacinação, para um milhão de vacinas todos os dia. É uma meta plausível. Temos condições de ampliar ainda mais. Não quero me comprometer, porque precisamos buscar mais vacinas. E temos a indústria de vacinas nacional – explicou.

O ministro então apontou que recebeu autonomia do presidente Jair Bolsonaro para indicar seus secretários.

– Outro ponto. O senhor presidente da República me deu absoluta autonomia para indicar o secretariado do Ministério da Saúde (…) Estamos agora com o firme propósito de instituir uma secretaria especial para o combate à pandemia de Covid-19. Essa secretaria vai cuidar apenas da pandemia, porque sabemos que além da pandemia, as pessoas continuam tendo doenças cardiovasculares, câncer e outros males que nos espreitam no dia a dia. E o Ministério da Saúde precisa continuar atendendo todos esses pacientes. Então a Secretaria Especial de Combate à Pandemia vai funcionar 24 horas por dia – destacou.

Fonte: Pleno News

Publicações relacionadas