Tá procurando o quê?
Onde?

Ipatinga faz apelo de urgência por novos doadores de sangue

 Ipatinga faz apelo de urgência  por novos doadores de sangue

Devido ao baixo estoque de sangue que se verifica desde o início da pandemia do Coronavírus, a Prefeitura de Ipatinga, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), faz um apelo de urgência em busca de doadores cadastrados e outros voluntários para ampliar a oferta de todos os tipos sanguíneos e atender a demanda local. Os estoques das bolsas de sangue sofreram queda significativa em relação ao mesmo período do ano anterior.

A pandemia do novo Coronavírus, que impôs uma sobrecarga no sistema de saúde, refletiu diretamente nos estoques de sangue, fundamentais para atendimento às demandas diárias dos estabelecimentos de saúde, bem como dos pacientes assistidos pelo Hemominas em seus ambulatórios.

“Meu apelo é para que as pessoas com boa saúde possam doar. O Hemocentro que nos assiste oferece um exame rigoroso. A coleta de sangue não apresenta nenhum risco, é um procedimento muito bem executado. Nós precisamos muito da população do Vale do Aço. Aqui fica o nosso apelo, porque o estoque do Hemocentro que abastece o Leste de Minas está extremamente baixo”, alerta o prefeito Gustavo Nunes.

Monise Fonseca, farmacêutica da Agência Transfusional, ressalta que “segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), se ao menos 2% da população tivesse o hábito de doar sangue regularmente não haveria escassez nos bancos. Mas a realidade do Vale do Aço é que falta sangue o ano inteiro. Então, uma parcela de menos de 2% é assídua na doação. E neste ano a situação está ainda pior, por conta do Coronavírus, que restringiu mais as doações de sangue no município”, observa.

“Convocamos inclusive os familiares de pacientes internados com Covid-19 para que possam reforçar o estoque, doando sangue. Nossas reservas podem entrar em situação ainda mais crítica”, alerta a farmacêutica.

A Agência Transfusional do Hospital Municipal Eliane Martins (HMEM) realiza o cadastramento de novos voluntários para doação na própria unidade, e pelo telefone 3828-5637, que funciona em plantão de 24h.

LOGÍSTICA

A coleta do sangue é realizada no Hemocentro Regional de Governador Valadares, ligado à Fundação Hemominas. O município garante o transporte à cidade vizinha em veículo próprio, com 14 vagas, além de cuidar da alimentação dos doadores. Isso é feito uma vez por semana, nas quintas-feiras, com saída às 7h do Hospital Municipal Eliane Martins (HMEM), que fica localizado no bairro Cidade Nobre. O retorno se dá por volta das 14h.

Critérios para doação

Para doar, a pessoa deve ter tido bom sono na noite anterior, dormindo pelo menos 6h, e não fazer uso de bebida alcoólica. No dia, a orientação é para tomar café ao acordar, porque não é realizada doação em jejum.

Os voluntários devem levar documento de identidade original, que pode ser o próprio RG, a carteira de trabalho ou carteira de motorista.

A pessoa deve estar bem de saúde, sem resfriado ou gripe. Quem teve Covid deve aguardar 30 dias após a cura para doar, e aqueles que tiveram contato com alguém positivo para Coronavírus devem esperar 15 dias.

O uso de medicamentos, assim como tratamentos dentários e cirurgias recentes devem ser informados à Agência Transfusional para que sejam seguidos os protocolos da unidade. No geral, a pessoa que for doar deve ter entre 16 e 69 anos e estar bem de saúde. Outros critérios são explicados pessoalmente pela equipe ou pelo telefone.

Posto Avançado para coleta de sangue

 O prefeito de Ipatinga, Gustavo Nunes está empenhado para viabilizar a implantação de um Posto Avançado de Coleta Externa (PACE) do Hemominas na cidade. Em reunião realizada no início do mês com a deputada Estadual Rosangela Reis foram discutidas providências para encaminhamento de R$ 800 mil em emendar parlamentar para a instalação do Centro de Coleta em Ipatinga.

Publicações relacionadas