Tá procurando o quê?
Onde?

Israel e Nova Zelândia aprovam venda de spray nasal anti-Covid

 Israel e Nova Zelândia aprovam venda de spray nasal anti-Covid

Spray nasal teve uso autorizado por Israel e Nova Zelândia Foto: Pixabay

Israel e Nova Zelândia concederam aprovação temporária à venda de um spray nasal de óxido nítrico (Nons, na sigla em inglês) da empresa de biotecnologia canadense SaNOtize, que pode ajudar a prevenir a transmissão do vírus causador da Covid-19, segundo nota divulgada pela companhia. O Nons protege os usuários de vírus que entram no corpo pelas vias nasais superiores.

Vale destacar, porém, que este não é o spray nasal negociado pelo governo brasileiro, o EXO-CD24, desenvolvido em Israel. Em nota enviada pela SaNOtize para a CNN, a companhia defendeu o desenvolvimento de seu produto e afirmou que ele é “mais avançado” que o EXO-CD, que tem sido negociado pelo Brasil.

– [O spray da] SaNOtize é diferente, muito mais avançado [no desenvolvimento] e com resultados mais fortes que o EXO-CD – disse a empresa.

A produção do Nons, sob o nome comercial Enovid, começou em Israel com a parceira da SaNOtize Nextar Chempharma Solutions e é previsto que o produto comece a ser vendido no país a partir de junho. Na Nova Zelândia, a SaNOtize obteve o registro do spray nasal junto à agência reguladora do país, o que permite que a empresa distribua e venda o Nons nas farmácias imediatamente.

Na semana passada, a SaNOtize e o Fundo dos Hospitais Ashford e St Peter’s do NHS (sistema de saúde inglês), de Surrey, no Reino Unido, anunciaram os resultados dos testes clínicos do Nons, que mostraram que ele é um tratamento antiviral efetivo e que pode ajudar a prevenir a transmissão da Covid-19, diminuir os dias de infecção e reduzir a severidade dos sintomas.

Fonte: Pleno News

Publicações relacionadas