Tá procurando o quê?
Onde?

Minas tem 89% de UTIs Covid ocupadas; hospital em BH será exclusivo para doença

 Minas tem 89% de UTIs Covid ocupadas; hospital em BH será exclusivo para doença

A ocupação de leitos de UTI próprios para pacientes com suspeita ou confirmados com Covid-19 seguem em nível de alerta em Minas Gerais. Atualmente, 89% das unidades deste tipo estão ocupadas. Em Belo Horizonte,  a demanda por internação já é maior do que a oferta de leitos disponíveis.

Com o aumento expressivo de casos,  o Hospital Júlia Kubitschek (HJK) passará a atender integralmente casos suspeitos e confirmados de covid-19. A A Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) atendeu um pedido da Secretaria Municipal de Saúde.

Atualmente o Hospital Júlia Kubitschek oferece 59 leitos de terapia intensiva, 203 leitos de Enfermaria adulto e 10 leitos de Enfermaria obstétrica. A maternidade do HJK, também referência para gestantes e puérperas suspeitas ou confirmadas para coronavírus, continua com a porta aberta para atendimentos de urgência.

Os atendimentos médicos de outras enfermidades serão encaminhados para a Unidade Alternativa de Assistência à Saúde Galba Velloso (UAAS-GV), que cumpre papel de retaguarda no cenário pandêmico, ou para o Hospital Alberto Cavalcanti.

Fonte: 98

Publicações relacionadas