Tá procurando o quê?
Onde?

PSB vai ao STF para suspender decretos de armas de Bolsonaro

 PSB vai ao STF para suspender decretos de armas de Bolsonaro

PSB vai ao STF para suspender decretos de armas de Bolsonaro Foto: Jardiel Carvalho/Folhapres

Nesta quarta-feira (17), o PSB decidiu acionar o Supremo Tribunal Federal (STF) para pedir a suspensão de quatro decretos publicados pelo governo Jair Bolsonaro que tratam da questão das armas no país. Os textos flexibilizaram regras de uso e de compra de armas de fogo e foram assinados por Bolsonaro no fim da semana passada.

Entre as mudanças estão o aumento do número de armas que um cidadão pode possuir e a redução da burocracia para colecionadores, atiradores e caçadores (CACs).

No pedido, o PSB apontou que os “decretos permitem verdadeiros arsenais pela população civil, levando-se em consideração o limite máximo de armas de uso permitido e restrito, bem como a quantidade de munição e acessórios oferecidos. Desse modo, a ausência de fiscalização rígida pelo Comando do Exército e o incentivo à aquisição da arma de fogo implicará no aumento da mortalidade do Brasil”.

O partido também ressaltou a “grave ameaça institucional com a liberalização a segmentos específicos da sociedade do acesso e circulação de quantidades expressivas de armamento e munição, sobretudo diante das reiteradas manifestações proferidas pelo chefe do Executivo federal conclamando sua base de apoio à defesa armada de seus ideais políticos”.

As mudanças promovidas por Bolsonaro por meio dos decretos foram uma de suas promessas de campanha.

Fonte: Pleno News

Publicações relacionadas