Tá procurando o quê?
Onde?

Galo apresenta Dodô, que se diz polivalente e torce pela permanência de Sampaoli

 Galo apresenta Dodô, que se diz polivalente e torce pela permanência de Sampaoli

O lateral Dodô foi apresentado ao Atlético e destacou o desejo de atuar onde o técnico Jorge Sampaoli definir. Mas, para isso, o treinador, especulado no Olimpique de Marselha, da França, terá que permanecer. E, a torcida do novo reforço do Galo é para que isso aconteça, apesar de ter se esquivado de comentar sobre a possível saída do treinador ao final do Campeonato Brasileiro.

“Difícil comentar especulação. Eu vim, obviamente, com o aval dele (Sampaoli). Conversei com ele antes de fechar com o Atlético. Tenho certeza que ele é peça importante para o Atlético. E espero que ele tenha um trabalho longo pela frente”, declarou.

Assim como Guilherme Arana, o titular da lateral esquerda do Atlético, Dodô pode fazer outras funções. E deixou bem claro que a decisão sobre onde atuar será do treinador.

“Não tenho preferência. No que o Sampaoli precisar, seja na lateral, no meio ou na zaga, a gente está preparado para jogar onde precisar”, disse.

Dodô acredita que não terá dificuldades em se adaptar ao estilo do treinador, já que trabalhou com diversos técnicos com perfis diferentes na carreira.

“Isso a gente vai conhecendo no dia a dia. Muito se comenta sobre trabalhar na Europa ou não. Eu tive a oportunidade de trabalhar com treinadores italianos e de fora. Muitas filosofias diferentes. Acho que não vai ser diferente com o Sampaoli. A adaptação vai ser no dia a dia. O trabalho que ele fez aqui não vai ser o mesmo que ele fez em outros clubes”.

Concorrência

Sobre a disputa pela posição com um dos jogadores mais regulares do Atlético, Guilherme Arana, Dodô acredita que terá espaço para todos.

“Quem vem acompanhando o Sampaoli, é um treinador que muda muito o time e trabalha de acordo com o adversário. No Atlético não são só onze titulares. É um time ambicioso, que quer ser um dos maiores clubes da América Latina. E quem vier tem que estar ciente que estará jogando com os melhores”, concluiu.

Fonte: O Tempo

Publicações relacionadas