Tá procurando o quê?
Onde?

BBB 21: Na falta de um amigo, Lucas recebe conforto de Tiago Leifert

 BBB 21: Na falta de um amigo, Lucas recebe conforto de Tiago Leifert

Imagem: Reprodução/Globoplay

Quando o bonde dos imunizados encontrou com a turma que já estava na casa, todos os participantes se apresentaram no BBB 21. Não esqueci a maneira como Lucas se dirigiu ao Projota.

“Eu tive depressão. Essa parte eu não tinha contado, e eu preciso porque eu disse que um dia eu ia falar isso olhando pra tu: as letras que tu escreve salvam vidas. Salvou a minha. Mas nunca imaginei que tu ia aparecer aqui. Você salvou a minha vida e a da minha mãe”, disse.

Papo vem, papo vai e no dia seguinte o rapaz estava cometendo uma série de vacilos na primeira festa oficial da temporada. Mais dois dias depois e outra festa, outra rodada de presepadas —dessa vez um pouco mais impertinentes.

De lá para cá, Lucas tem sido constantemente esculachado pelos seus colegas de confinamento. Lumena, Karol Conká e Nego Di têm sido especialmente eloquentes em suas notas de repúdio ao cidadão.

É tanta contundência que o público já considera o bullying posterior mais grave do que qualquer acontecimento nas festas. Lá dentro, Lucas é execrado. Aqui fora, conta com o carinho da multidão.

Eliminaria todos os adversários supracitados —inclusive o ídolo Projota. O rapper até ensaiou apaziguar os ânimos, mas agora vive falando mal do rapaz pelos cantos, chegando a prejudicá-lo deliberadamente ao decidir não acordá-lo para fazer o raio x, resultando em uma multa gravíssima.

Ao ser vetado da prova do líder e tomar mais um chute de voleio na alma por Nego Di, Lucas ficou terrivelmente sozinho, como tem sido seus dias em Curicica. Precisou que Tiago Leifert aparecesse no telão da sala para tentar tirá-lo do sentimento de autocomiseração.

Pode parecer uma intromissão exagerada do apresentador, mas dessa vez foi adequado. O jovem ator ainda vai levar muita porrada até terça-feira, quando provavelmente começará a eliminar seus detratores.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Fonte: UOL

Publicações relacionadas