Tá procurando o quê?
Onde?

Partidos articulam bloco independente com até 44 deputados na ALMG

 Partidos articulam bloco independente com até 44 deputados na ALMG

Foto: Willian Dias / ALMG

Com o início do biênio legislativo na ALMG, cresce a articulação em torno da formação dos blocos partidários, que devem ser definidos nesta quarta-feira (3). Segundo deputados que participam da conversa, os dois blocos independentes negociam entre eles para formar um único bloco com até 44 deputados, conquistando a maioria da Casa e deixando, dessa forma, tanto governo quanto oposição isolados . A composição deve ser oficializada nas sessões plenárias dos próximos dias.

Ainda de acordo com as fontes escutadas pela reportagem, essa fusão teria sido motivada pelo descontentamento de alguns partidos que compõem os independentes com movimentações abruptas de PP e Podemos (legendas que compõem os blocos) em tratativas com a base do governo.

Deputados ligados aos independentes apesar de confirmarem que exista na Casa essa negociação, ponderam que ainda falta recolher algumas assinaturas para oficializar a formação desse novo bloco.

Caso isso se concretize, o bloco contaria com 44 parlamentares e seria composto por 14 legendas (MDB, PDT, Podemos, PV, Republicanos, Cidadania, PSB, DEM, Patriota, PSD, PSL, PTB, PP e PRTB). O número pode cair para 40 parlamentares caso PP (1) e Podemos (3) saiam do bloco.

Oposição

Na Casa também há negociação em torno da formação do bloco de oposição. Com a saída da deputada Marília Campos (PT), empossada prefeita de Contagem, o bloco perde o número mínimo de parlamentares e pode deixar de existir. No entanto, segundo o deputado André Quintão (PT), líder do bloco, tratativas estão acontecendo com o PSB, já que Bernardo Mucida tomou posse com a saída de Marília. Se o PSB migrar para oposição também diminuiria o super bloco, mas a adesão ainda não foi confirmada.

Fonte: O Tempo

Publicações relacionadas