Tá procurando o quê?
Onde?

Administração municipal de Ipatinga começa a discutir normas para volta às aulas

 Administração municipal de  Ipatinga começa a discutir  normas para volta às aulas

A Prefeitura de Ipatinga, por meio da Secretaria de Educação, estuda a possibilidade do retorno das aulas semipresenciais na rede municipal de ensino, a partir do mês de fevereiro. Na manhã da última sexta-feira, o secretário de Educação Sérgio Mendes se reuniu com membros do Ministério Público, representantes de instituições de ensino públicas e particulares e sindicatos para tratar do protocolo relativo ao ano letivo. Nas duas últimas semanas, foi feita uma minuciosa avaliação e reflexão por equipe do poder público responsável por tratar do assunto, a fim de reforçar as diretrizes para que a transição seja feita de forma gradativa, inicialmente em caráter remoto, objetivando garantir toda segurança para alunos, professores e demais envolvidos.

“Hoje retomamos a discussão com as entidades para que a portaria seja publicada e tenhamos um documento oficial para volta às aulas. O governo quer atuar com muita responsabilidade em cima desta questão. Por isso fizemos essa discussão mais aprofundada. Como se trata de um assunto urgente e necessário, definimos algumas deliberações extremamente importantes para o retorno às aulas. Queremos que tudo seja feito com muita coerência para não comprometermos nada. É fundamental que este formato seja discutido a várias mãos”, destacou o secretário da pasta.

Para que seja estabelecido um formato diferenciado, outras reuniões deverão ocorrer nos próximos dias, entre os membros da Secretaria de Educação e também com a participação das instituições e do secretário municipal de Saúde, Juliano Nogueira, para a discussão de estratégias que garantam a aplicação das normas de segurança para que as aulas sejam retomadas.

De acordo com o calendário pré-estabelecido, o ano letivo da rede municipal terá início no dia 4 de fevereiro com o retorno das equipes de ensino. O retorno das aulas se dará no dia 22, ainda de forma remota, porém preparando a estrutura para as aulas híbridas.

Publicações relacionadas