Tá procurando o quê?
Onde?

Bolsonaro cobra de fabricantes pedido de registro das vacinas

 Bolsonaro cobra de fabricantes pedido de registro das vacinas

Em conversa com apoiadores na saída do Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) cobrou dos fabricantes o pedido de registro das vacinas na Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa). Ele defende que a responsabilidade da oferta dos imunizante são dos “vendedores”, e o Brasil é uma grande oportunidade de mercado consumidor.

– O Brasil tem 210 milhões de habitantes. Um mercado consumidor, de qualquer coisa, enorme. Os laboratórios não tinham que estar interessados em vender para a gente? Por que eles, então, não apresentam documentação na Anvisa? Pessoal diz que tenho que… Não, não. Quem quer vender… Se eu sou vendedor, eu quero apresentar – afirmou ele antes de pegar um voo para Santos (SP).

O presidente ainda reafirmou não se sentir pressionado pelo início das campanhas de vacinação ao redor do mundo e voltou a dizer que não apressará a Anvisa.

– Falei que não estava preocupado com pressão. Falei mesmo. Porque nós temos que ter responsabilidade. Certas coisas não pode ser correndo, você está mexendo com a vida do próximo. Se eu vou na Anvisa, que é um órgão de Estado, [e digo] “corre aí”, eu estou interferindo – argumentou.

VACINAÇÃO NO MUNDO
Até a tarde desta segunda-feira (28), 43 nações já tinham iniciado suas campanhas de imunização. Entre eles estão Reino Unido, EUA, Israel, Rússia, México, Chile, Arábia Saudita e outros 27 países da União Europeia. Dos 43 países, 39 utilizando a vacina da Pfizer/BioNTech, que apresentou 95% de eficácia nos estudos clínicos.

Fonte: Pleno News

Publicações relacionadas