Tá procurando o quê?
Onde?

Retrospectiva 2020: Veja as declarações mais marcantes

 Retrospectiva 2020: Veja as declarações mais marcantes

O fato de 2020 ser um ano atípico é uma unanimidade. Para alguns, foi longo demais. Para outros, começou mal. Também há aqueles que não consideram que 2020 tenha “existido”. Dentre tantos acontecimentos, no Brasil e no mundo, uma das principais coisas que ficarão – além de imagens – são as palavras. O Pleno.news reuniu algumas das declarações mais marcantes, polêmicas ou emblemáticas.

“FIQUE EM CASA”

Campanha começou em março de 2020, no Brasil Foto: Reprodução

Em março deste ano, começaram no Brasil as medidas de restrição ao avanço do novo Coronavírus. A orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS) era que todos, exceto os que exercem serviços essenciais, aderissem à quarentena para evitar a proliferação do vírus, até então desconhecido. Logo começaram campanhas na internet, inclusive por parte de muitos artistas e personalidades influentes, popularizando o termo “Fique em casa”.

“NÃO CONSIGO RESPIRAR”

Policial manteve joelho sobre o pescoço de Floyd durante toda a abordagem Foto: Reprodução

No dia 25 de maio, na cidade norte-americana de Minneapolis, durante uma batida policial num estabelecimento, George Floyd foi rendido por policiais e teria resistido, sendo colocado no chão imobilizado pelo policial Derek Chauvin. Este colocou o joelho no pescoço de Floyd, que afirmou repetidas vezes que não estava conseguindo respirar, sendo asfixiado alguns minutos depois. O caso foi filmado por transeuntes, e paramédicos tentaram reanimá-lo. Mas ele foi declarado morto logo em seguida. O acontecimento gerou uma onda de protestos pelos Estados Unidos e pelo mundo, sob o movimento “Black Lives Matter” (Vidas Negras Importam).

“O CHEIRO ESTAVA BOM”

Rhuan foi morto em crime hediondo pela mãe e companheira dela

O crime bárbaro de esquartejamento de uma criança de 9 anos pela própria mãe e por sua companheira, o caso menino Rhuan, ocorreu em 2019. No entanto, rendeu muitos desdobramentos. Em novembro de 2020, na sentença que condenou as duas mulheres a mais de 60 anos de prisão, o juiz Fabrício Castagna Lunardi revelou que, ao ser perguntada pelo delegado se elas comeram a carne da criança após a colocarem na churrasqueira, Rosana (a mãe) respondeu: “Não, mas o cheiro estava bom”.

“SOU MESSIAS, MAS NÃO FAÇO MILAGRE”

Presidente Jair Bolsonaro

Em abril de 2020, a pandemia do novo Coronavírus ainda era algo muito novo para os brasileiros. Em frente ao Palácio da Alvorada, ao ser perguntado por um repórter a respeito do número de mortos até aquele momento, o presidente Jair Bolsonaro respondeu: “Sou Messias, mas não faço milagre”, em alusão ao seu próprio nome em referência ao codinome de Jesus. E completou:

-Mas é a vida. Amanhã vou eu. Logicamente, a gente quer ter uma morte digna e deixar uma boa história para trás. O que eu mais quero é entregar um Brasil muito melhor do que eu recebi para quem vier me suceder.

“PEGAR O GABINETE DE UM PETISTA NÃO TEM PREÇO”

Nikolas Ferreira debochou por ter ficado com o gabinete que pertencia a um petista Foto: Reprodução

Nikolas Ferreira, coordenador do movimento Direita Minas, foi eleito vereador pela cidade de Belo Horizonte nas eleições municipais de 2020. Ao tomar posse, Nikolas ficará com o gabinete que pertencia a Pedro Patrus, um vereador do Partido dos Trabalhadores (PT). Em suas redes sociais, debochou da coincidência.

“LIXO, SEMIANALFAETO […] VOCÊ TEM INVEJA DISSO AQUI”

No dia 31 de julho, um entregador, após atrasar a entrega, foi discriminado por um morador de um condomínio de casas, em Valinhos (SP). O morador disparou ofensas e xingamentos ao rapaz, em alusão à condição financeira e à cor da pele deste.

 

Publicações relacionadas