Tá procurando o quê?
Onde?

Vídeo flagra deputado passando a mão no seio de parlamentar

 Vídeo flagra deputado passando a mão no seio de parlamentar

A deputada estadual Isa Penna (PSOL) afirmou nesta quinta-feira (17) que vai registrar um boletim de ocorrência contra o deputado Fernando Cury (Cidadania) por assédio sexual durante sessão plenária da noite de quarta-feira (16).

O vídeo do episódio foi transmitido ao vivo pelo canal da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) no YouTube. Nele, a parlamentar aparece conversando com o presidente da Casa, Cauê Macris (PSDB), quando Cury se aproxima da Mesa Diretora e posiciona-se atrás da deputada, colocando a mão na lateral de seus seios. Em seguida, Isa empurra o deputado para afastá-lo de seu corpo.

– Ontem, aqui, nessa Casa, na frente da sua Mesa, eu fui assediada. Eu fui apalpada na lateral do meu corpo pelo deputado Fernando Cury, do partido Cidadania. Certamente não é um caso isolado. A gente vê a violência política e institucional a todo momento contra as mulheres. O que dá o direito a alguém de encostar em uma parte íntima do meu corpo? – discursou Isa em sessão nesta quinta-feira (17).

A deputada afirmou que, além do boletim de ocorrência, vai fazer uma representação contra o parlamentar.

O vídeo foi transmitido na sessão desta quinta-feira (17), após muita insistência de Isa e da bancada do PSOL e do PT. O presidente Cauê Macris se recusou por diversas vezes a exibir a filmagem, alegando ser uma regra do regimento e não ser possível abrir uma exceção. A deputada criticou a postura que chamou de “omissão” e “silêncio”. A liberação veio apenas depois da anuência dos líderes partidários.

Na sessão desta quinta, o deputado Fernando Cury disse que está “muito constrangido” e “triste” pelo “julgamento feito” no plenário.

– Gostaria de frisar que não houve, de forma alguma, tentativa de assédio, de importunação sexual ou de qualquer outra coisa – disse ele. O deputado se desculpou pelo que chamou de “abraço” e disse que faz isso “com diversas colegas” da Casa.

Apesar de ter pedido desculpas, Cury afirmou não ter feito nada de errado.

– Eu nunca ia fazer isso na frente de 100 deputados. Eu não fiz nada disso, não fiz nada de errado. O que eu fiz foi abraçar. Vocês viram o vídeo – disse ele.

Em nota, a Alesp declarou que “com a denúncia da deputada, o Conselho de Ética fará avaliação do caso”.

Fonte: Pleno News

Publicações relacionadas