Tá procurando o quê?
Onde?

Minas investiga 17 casos de reinfecção por Covid-19, dois a mais em uma semana

 Minas investiga 17 casos de reinfecção por Covid-19, dois a mais em uma semana

Enquanto o Brasil acaba de confirmar o primeiro caso de reinfecção por Covid-19, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) investiga 17 possíveis reinfecções em Minas Gerais. No começo desta semana, eram 15 suspeitas.

Até agora, 35 casos foram notificados à secretaria, dos quais dois foram descartados e 16 foram considerados inconclusivos por falta de dados que permitissem avançar na análise. Pelo protocolo do Ministério da Saúde, um caso é considerado suspeito quando a pessoa apresenta sintomas de Covid-19 depois de 90 dias da primeira confirmação laboratorial da infecção.

A Fundação Ezequiel Dias (Funed) compara a primeira e a segunda amostra de material do doente para avaliar se o sequenciamento genético dos vírus é diferente — o que se descarta a possibilidade de a aparente nova infecção ser apenas um resquício da primeira.

A SES-MG não dá prazo para finalizar as análises. “Dos casos em investigação, alguns aguardam a avaliação de viabilidade da amostra, outros aguardam o encaminhamento da amostra quando feito por laboratórios diferentes da Funed. Em alguns casos, ainda é aguardada a informação se o paciente realmente tem as duas amostras”, informa, por meio de nota.

A secretaria também não descreve quais são as cidades com suspeitas de contaminação. De acordo com a assessoria de imprensa da pasta, há casos em cidades pequenas, o que poderia comprometer a identidade dos doentes, por isso ela não revela em quais municípios residem as pessoas cujos casos são investigados.

Embora acenda o alerta para que pessoas que já tiveram a doença continuarem a tomar todos os cuidados preventivos, a possibilidade de reinfecção não diminui a esperança de que uma vacina garanta imunidade por mais tempo, segundo pesquisadores.

Fonte: O Tempo

Publicações relacionadas