Tá procurando o quê?
Onde?

Hospital Márcio Cunha investe em atendimento humanizado aos pacientes e familiares

 Hospital Márcio Cunha investe em atendimento humanizado aos pacientes e familiares

Referência para mais de 850 mil pessoas de 35 municípios do leste de Minas, o Hospital Márcio Cunha, administrado pela Fundação São Francisco Xavier (FSFX), investe em inovação e melhoria dos processos, buscando oferecer à comunidade um tratamento de qualidade, digno e humanizado.

Aliado a uma infraestrutura adequada, tecnologia de ponta e profissionais qualificados, o atendimento focado no ser humano é, cada vez mais, peça fundamental. O paciente Mário Lúcio Fernandes, de 26 anos, credita a sua recuperação no suporte médico adequado e no tratamento humanizado que recebeu no Hospital Márcio Cunha. Portador de doença renal crônica, Mário foi internado em julho com pneumonia e testou positivo para Covid-19. Foram 41 dias de internação, sendo 26 deles em coma e uma parada cardíaca.

“Eu fiquei muito grave. Sei que essa é uma doença perigosa e que pode atingir também os profissionais da linha de frente e, mesmo assim, eles foram incansáveis e atenciosos. Sou um verdadeiro milagre e, Deus e a equipe que cuidou o tempo todo de mim são os responsáveis por eu estar vivo e sem sequelas. Fui acolhido e bem cuidado. O meu agradecimento também é para os profissionais da psicologia que deram todo o apoio à minha família, não deixando que eles perdessem a esperança. Isso foi fundamental para meu restabelecimento”, afirma Mário.

Acolhimento e suporte humanizado

Aliar conhecimento, expertise e humanização tem sido prioridade constante das equipes. Para a mãe do Heitor e Gael, bebês nascidos no Hospital Márcio Cunha, Maria Goreth Ferreira, a humanização fez muita diferença no momento difícil vivenciado após o nascimento dos filhos.  Ela deu à luz aos gêmeos no HMC e um deles, Heitor, nasceu com cardiopatia congênita, sendo necessária a transferência para Belo Horizonte, para uma cirurgia cardíaca, no hospital de referência.

“Recebi muito carinho e apoio. Toda a equipe do hospital se mobilizou para a transferência do meu filho e para conseguir uma vaga para ele.  Me senti segura e acolhida. Se não fosse por tanta estrutura e disposição em ajudar não sei o que poderia acontecer. Só tenho a agradecer o atendimento prestado por todos, desde as enfermeiras, médicos e funcionários em geral”, comenta Maria Goreth.

Para o diretor de hospitais da Fundação São Francisco Xavier, Dr. Mauro Oscar Soares de Souza Lima, a relação humanizada entre pacientes e profissionais de saúde faz parte das premissas da Instituição. “Nosso paciente é antes de tudo uma pessoa que precisa ser ouvida, acolhida, tratada com respeito. Acreditamos no tratamento humanizado, que leva em conta o momento em que o paciente e sua família estão passando. Não medimos esforços para tratar da melhor forma possível, oferecer o que há de mais inovador e para estimular o paciente a acreditar na sua rápida recuperação.”

Publicações relacionadas