Tá procurando o quê?
Onde?

‘Socialismo é sistema falido de pobreza a gotas’, diz John Mackey

 ‘Socialismo é sistema falido de pobreza a gotas’, diz John Mackey

Coautor do livro Capitalismo Consciente e CEO da Whole Foods, John Mackey disse em entrevista ao American Enterprise Institute que o socialismo é um sistema falido de “pobreza a gotas”. Embora reconheça as críticas ao capitalismo, o escritor defendeu que é preciso evoluir e solucionar os problemas, em vez de aplicar o sistema de Karl Marx, o que configuraria um “desastre”.

– O socialismo foi testado 42 vezes nos últimos 100 anos e teve 42 fracassos. Não funciona, é um revés. (…) Temos que reconhecer que algumas das ideias progressistas são importantes e não devem desaparecer, mas não podemos jogar fora o capitalismo e substituí-lo pelo socialismo, isso seria um desastre.

Para John Mackey, o socialismo é um “tipo de utopismo” que visa mudar a natureza humana e, como tal, está fadado ao fracasso. Em contraponto, Mackey defende o que chama de “capitalismo consciente”. Para ele, o sistema deve reconhecer algumas “externalidades desfavoráveis” como a poluição ambiental, e buscar soluções inovadoras que resolvam tais problemas.

– É preciso evoluir [o atual estado do capitalismo]. Caso contrário, os socialistas vão assumir o controle, é assim que eu vejo, e esse é o caminho da pobreza – alertou.

Mackey frisou que a poluição não é uma marca registrada do capitalismo, e apontou que regimes socialistas provocaram grandes impactos ambientais.

– Historicamente, os países socialistas têm sido muito mais poluentes do que os capitalistas. Se você olhar para a destruição ambiental deixada pela União Soviética, foi um desastre completo – afirmou.

Mackey argumenta que em um sistema capitalista consciente, todos ganham. Os clientes são beneficiados porque “encontram os produtos e serviços de seus desejos e há concorrência para melhorar esses serviços e produtos”. Os investidores e fornecedores ganham à medida que “se engajam no livre comércio com as empresas e fazem investimentos lucrativos”. Os empregados ganham porque “têm uma fonte de renda e liberdade para mudar de emprego em vez de ficarem presos a trabalhos forçados ou a uma determinada empresa ou ocupação em nome do regime”. E a sociedade se beneficia porque “as empresas são o motor que gera todo o dinheiro que vai para organizações sem fins lucrativos e governos”.

– O socialismo é uma tentativa de reverter isso para um jogo de ganhar ou perder. E é por isso que sempre falha – finalizou.

Fonte: Pleno News

Publicações relacionadas