Tá procurando o quê?
Onde?

Serviço de Atenção Domiciliar (SAD) completa seis meses de atividade com 700 visitas aos pacientes desospitalizados

 Serviço de Atenção Domiciliar (SAD) completa seis meses de atividade com 700 visitas aos pacientes desospitalizados

Quase 700 visitas realizadas e mais de 400 procedimentos feitos em seis meses. Este é o saldo do trabalho realizado pelo Serviço de Atenção Domiciliar (SAD), ofertado desde junho deste ano pela Prefeitura de Coronel Fabriciano, por meio da Secretaria de Governança da Saúde. O SAD é fruto de convênio firmado com o Governo Federal para atender doentes desospitalizados que ainda necessitam de cuidados médicos, mas que podem ser tratados no conforto do lar, junto à família.

A equipe do SAD é composta por médico, enfermeira, três técnicos de enfermagem e fisioterapeuta. São realizados procedimentos médicos, fisioterápicos e de enfermagem como: antibioticoterapia venosa, cuidados com ostomias, traqueostomias, manuseio de sondas, oxigenioterapias, aspiração, tratamento de feridas complexas, queimaduras, pós-operatório, retirada de pontos, reabilitação e educação em saúde.

Francine D’ Aguilar, enfermeira do SAD, diz que a base do programa é fortalecer a família e o cuidador para prestar o cuidado contínuo ao paciente com qualidade e humanização. “Nosso objetivo foi alcançado. Conseguimos beneficiar centenas de pacientes do SUS que são a nossa prioridade, dando qualificação aos cuidadores para que possam desempenhar o papel de cuidar com eficiência gerando mais qualidade de vida para os doentes”, disse.

CASO DE SUPERAÇÃO

Edvanilson Rodrigues Guimarães é pai de Maressa, 15 anos. Portadora de Hidrocefalia e acometida de uma infecção, a jovem esteve hospitalizada várias vezes e tornou-se a primeira paciente do SAD. “Eu tomei conhecimento do serviço em um momento difícil. Maressa estava voltando para casa, mas muito debilitada e não sabíamos mais o que fazer. Nossa esperança estava no chão, mas ganhamos um novo ânimo logo nos primeiros dias de atendimento”, conta Edvanilson.

Maressa havia perdido a coordenação motora, não falava nem comia sozinha. Com o trabalho de reabilitação, a jovem restaurou os movimentos, a fala e já interage com a equipe e a família. “Nós também aprendemos muito e fomos qualificados para cuidar dela. Hoje nossa felicidade é saber que ela está melhorando cada dia mais graças a Deus e ao empenho primoroso dessa equipe do SAD. Só temos a agradecer”, diz Edvanilson.

SAÚDE É PRIORIDADE

O Secretário de Governança da Saúde, Ricardo Cacau comemora os resultados do SAD como mais uma vitória da atenção básica. Segundo Cacau, os resultados vão além dos números. “É impossível mensurar. Estamos falando de menos hospitalização, de menos medicação, de menos infecções hospitalares, sem contar a satisfação das pessoas curadas ao lado de seus filhos, pais, enfim, no melhor ambiente que é o de casa. Estamos realizados”, concluiu.

Desde 2017, a Prefeitura de Coronel Fabriciano estabeleceu a saúde como meta de investimentos. Em quatro anos, a gestão recolocou em funcionamento o Hospital Dr. José Maria Morais, inaugurou a UPA, inaugurou duas novas Unidades Básicas de Saúde e implantou inúmeros programas, como o Corujão da Saúde e o SAD.

Publicações relacionadas