Tá procurando o quê?
Onde?

Chuva causa alagamentos em diferentes regiões de Juiz de Fora

 Chuva causa alagamentos em diferentes regiões de Juiz de Fora

A chuva que atingiu Juiz de Fora no início da tarde dessa quarta-feira (2) causou alagamentos em diversas regiões da cidade. Avenidas importantes da cidade, como a Rio Branco, a Presidente Itamar Franco e a Avenida Francisco Valadares ficaram inundadas.

Na Rua Doutor José Cesário, no Alto dos Passos, vários carros ficaram submersos (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Entre os locais onde as ocorrências foram de maior gravidade estão os bairros Alto dos Passos e Bom Pastor, na Zona Sul. A correnteza formada pela água que desceu dos bairros mais altos desta região formou alagamentos em diversas ruas dos dois bairros. O Corpo de Bombeiros atendeu a uma ocorrência de inundação, alagamento e enchente na Rua Doutor José Cesário. Não houve vítimas. Porém, a água chegou a encobrir veículos que estavam estacionados na via. Por volta das 15h, a Tribuna esteve no local, onde um guincho e proprietários dos veículos estavam no local fazendo a retirada dos veículos.

Outros pontos de alagamento foram flagrados pela população na Avenida Francisco Valadares, no Bairro Vila Ideal, Zona Sudeste; e na Avenida Presidente Itamar Franco e na Rua São Mateus, no bairro homônimo na Zona Sul.

Foto: Fernando Priamo
Foto: Fernando Priamo

Até por volta das 15h, a Defesa Civil registrou três chamados decorrentes das chuvas que atingiram a cidade nesta tarde. São casos de enxurrada nos bairros Santa Cecília, Progresso e Santa Cruz.

Conforme o órgão, entre as 13h30 e as 14h30, choveu cerca de 32,7 milímetros no Bairro Grama; 28,8mm no Bairro Santa Terezinha; e 24,9 milímetros no Filgueiras. De acordo com o pluviômetro do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) instalado no Campus da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), caíram 14,4 milímetros de chuva na última hora.

A Defesa Civil e a Cemig informaram à Tribuna que estão realizando levantamento das ocorrências que foram registradas em razão da chuva.

Fonte: Tribuna de Minas 

Publicações relacionadas