Tá procurando o quê?
Onde?

Globo demite veteranos e muda cúpula de jornalismo em SP

 Globo demite veteranos e muda cúpula de jornalismo em SP

A diretoria da Globo anunciou nesta terça-feira (1°) a demissão de vários jornalistas veteranos da emissora, entre eles alguns que faziam parte da cúpula de Jornalismo do canal em São Paulo. Entre os principais nomes a serem desligados após o próximo dia 31 de dezembro, estão o correspondente em Washington, Luís Fernando Silva Pinto, e a diretora de Jornalismo de São Paulo, Cristina Piasentini.

Silva Pinto atuava como correspondente da Globo na capital norte-americana desde 1985, onde cobriu eventos históricos como a libertação dos reféns americanos no Irã, a morte de Anwar Sadat, a invasão do Líbano por Israel, a Guerra das Malvinas, os conflitos na Irlanda do Norte, o encontro de Reagan com Gorbachev, o terremoto em El Sal e a queda das Torres Gêmeas, em 2001.

Já Piasentini, que estava há 12 anos no cargo, dará lugar a Ana Escalada, seu braço direito. No Globo Repórter, a mudança acontecerá na direção do programa, com a saída da experiente Silvia Sayão, e na chefia de Redação, com a demissão de Meg Cunha.

Outras baixas divulgadas pela emissora foram as de Maria Thereza Pinheiro e Teresa Cavalleiro, que comandavam a área de Projetos Especiais, e de Marco Antonio Rodrigues, o Bodão, conhecido por participar de programas como Bem, Amigos e coordenador das afiliadas de rede, que sai da Globo após 41 anos. Todos eles trabalham até o próximo dia 31.

As substituições de veteranos são consequência da aposentadoria de Silvia Faria, número dois da hierarquia do jornalismo da Globo. Silvia, que ocupava o cargo de diretora da área na emissora desde 2012, também sairá da função no fim deste ano. Ela será substituída em janeiro por Ricardo Villela, atualmente diretor-executivo de Jornalismo.

Fonte: Pleno News

Publicações relacionadas