Tá procurando o quê?
Onde?

Bolsonaro critica a mídia e nega ter menosprezado a Covid-19

 Bolsonaro critica a mídia e nega ter menosprezado a Covid-19

Nesta quinta-feira (26), o presidente Jair Bolsonaro voltou a falar da pandemia de novo coronavírus e fez comentários sobre um estudo que aponta que a atividade física regular reduz em 34% o risco de internação. Em sua tradicional live pelas redes sociais, ele lembrou que já havia falado sobre a necessidade de um bom condicionamento físico para ajudar no combate à doença e negou ter desprezado a Covid-19.

– Mais uma matéria da mídia (…) Uma pesquisa feita por quatro universidades, UERJ, UFMG, USP e UFRS. Quatro universidades dizendo que a atividade física regular reduz em 34% o risco de internação no caso de Covid. Falei lá atrás, no meu caso, pelo meu passado de atleta, não generalizei, que se pegasse Covid, não sentiria nada – explicou.

Bolsonaro então criticou a mídia por dizer que ele havia reduzido a gravidade da doença.

– Então o pessoal da mídia, a grande mídia, falando que eu chamei de ‘gripezinha’ a questão da Covid. Não existe um vídeo ou um áudio meu falando dessa forma. E eu falei pelo meu estado atlético, minha vida pregressa. Porque eu sempre cuidei do meu corpo, sempre gostei de praticar esportes – ressaltou.

Por fim, o presidente deixou claro que suas declarações se referiam ao seu histórico, devido ao “passado de atleta”.

– Nunca fui um sedentário e disse que, se a Covid chegasse em mim, não sentiria quase nada pelo meu passado de atleta. E o pessoal foi para a gozação, para o lado que eu estava menosprezando as mortes e zombando. E agora tem uma publicação que fala dessa pesquisa das universidades que fala que quem pratica atividade física regular reduz em 34% o risco de internação (…) Eu não chutei nada, eu estudei – destacou.

Publicações relacionadas