Tá procurando o quê?
Onde?

Forças Armadas levam geradores, alimentos e medicamentos ao Amapá

 Forças Armadas levam geradores, alimentos e medicamentos ao Amapá

O Ministério da Defesa informou, neste domingo (8/11), que foram transportados seis geradores para Macapá (AP), capital do estado que sofre com o apagão desde terça-feira (3/11).

Segundo o órgão, navios da Marinha e aviões da Força Aérea começaram a chegar em Macapá, levando geradores, combustíveis, profissionais de saúde e alimentos. A ação integra a Operação Amapá, que coordena o emprego das Forças Armadas no apoio às ações decorrentes da falta de energia no estado.

As aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) entregaram em Macapá em torno de 29 toneladas de material, segundo o ministério. Os aviões C-130 Hércules e KC-390 são usados na operação.

Há previsão de que dois navios cheguem ao Amapá nesta semana com mais suprimentos. Os Navios Auxiliar Pará e Patrulha Guanabara, do Comando do 4º Distrito Naval, e o Navio de Desembarque Multipropósito Bahia, da Esquadra Brasileira, transportam profissionais de saúde, como médicos e dentistas, mergulhadores e em torno de 150 fuzileiros navais, além de alimentos, medicamentos e combustíveis. A previsão é que os transportes cheguem no Amapá nesta segunda-feira (9/11) e na quarta-feira (11/11).

Depois de deixar o material no estado, o Navio Auxiliar Pará vai voltar a Belém (PA) para transportar mais 70 toneladas de itens oferecidos pelo Governo do Pará. A carga deve ser entregue no Amapá nesta quinta-feira (12/11).

O Exército Brasileiro enviou 360 militares e 12 viaturas para auxiliar as ações no estado. Os militares trabalham no transporte de combustível aos hospitais na capital e na cidade de Santana – região metropolitana de Macapá –, na distribuição de água e montagem de cestas básicas, entre outras iniciativas, segundo o ministério.

Crise

O Amapá vive uma crise de abastecimento hidráulico e de energia elétrica há seis dias, provocada por um apagão. Com as torneiras secas em casa, moradores do bairro Perpétuo Socorro, em Macapá, passaram a coletar água de uma tubulação às margens do esgoto da cidade.

A Justiça já deu prazo de três dias para que os serviços sejam retomados. Neste domingo (8/11), foi divulgado o cronograma de rodízio de fornecimento de energia elétrica nas 13 cidades do Amapá atingidas pelo apagão na noite de terça-feira (3/11). São 765 mil pessoas afetadas. O revezamento será feito até o restabelecimento total no estado, previsto pelo Ministério de Minas e Energia para o próximo fim de semana, sem data definida.

Na noite de terça-feira (3/11), enquanto ocorria uma forte tempestade em Macapá, uma explosão seguida de incêndio atingiu os três únicos geradores de energia de uma subestação da Zona Norte.

De acordo com o Ministério de Minas e Energia, as causas do incêndio ainda são desconhecidas. Uma investigação foi aberta para apurar a responsabilidade.

Fonte: Metrópoles

 

Publicações relacionadas