Tá procurando o quê?
Onde?

COVID-19: Ipatinga e macrorregião do Vale do Aço retornam à onda verde

 COVID-19: Ipatinga e macrorregião do Vale do Aço retornam à onda verde

Ipatinga e as cidades do Vale do Aço estão na onda verde do Plano Minas Consciente. O anúncio foi feito pelo Comitê Extraordinário COVID-19, do governo do estado, no início da noite de quarta-feira (28/10). O Comitê informou que, “diante de um cenário de estabilização da pandemia em Minas Gerais, a macrorregião do Vale do Aço, foi autorizada a avançar para a onda verde”.

Com a mudança, deliberada nesta quarta-feira (28) pelo Comitê Extraordinário COVID-19, cerca de 80% do estado — o que representa 11 das 14 macrorregiões de Saúde — estão incluídos na onda verde, a mais avançada do plano. De acordo com o comitê, a redução de 16% da incidência da doença nos últimos 14 dias contribuiu para esse cenário.

Na onda verde, está liberado o funcionamento de teatros, cinemas, parques e feiras, por exemplo, a partir do cumprimento de protocolos sanitários com rígidas orientações sobre distanciamento social e práticas de higiene, como uso de máscara e álcool em gel.

Ipatinga e as cidades do Vale do Aço estão na onda verde do Plano Minas Consciente

O governo do estado informou que, neste cenário de estabilidade, nenhuma região está na onda vermelha, que permite apenas o funcionamento dos serviços essenciais, como supermercados e farmácias.

A Prefeitura de Ipatinga já esperava por essa classificação, havia divulgado, inclusive, na tarde de quarta-feira, que os índices relativos à COVID-19 “eram altamente positivos, com ocupação de leitos estabilizada e taxa de transmissibilidade abaixo de 1% (0,93)”.

O Comitê de Crise para a COVID-19 de Ipatinga, já tem pronto o protocolo para funcionamento das atividades culturais no município, divulgado no último dia 20.

Publicações relacionadas