Tá procurando o quê?
Onde?

Representantes do Dnit confirmaram a deputada Alê Silva que as obras de duplicação da BR-381 não serão interrompidas​

 Representantes do Dnit confirmaram a deputada Alê Silva que as obras de duplicação da BR-381 não serão interrompidas​

Muito são os políticos de oposição ao presidente Bolsonaro que neste momento estão disfarçados em pele de cordeiro e que não perdem a oportunidade de jogar para baixo os projetos em execução do governo federal. Algumas dessas obras já apresentam uma evolução significativa, como a duplicação da BR-381, no trecho entre Belo Horizonte ao Vale do Aço. As melhorias têm sido reconhecidas pelos usuários e moradores, após anos de espera.

O título de rodovia da morte será apagado de vez da história da BR-381, se depender do presidente Jair Bolsonaro. Em videoconferência, realizada nesta segunda-feira (26), os representantes da autarquia federal, general Antônio Leite, diretor geral do Dnit; Gustavo Frederico Borges, superintendente regional do Dnit/MG; e Robson Soares, chefe do segmento de obras da BR-381/MG, asseguraram a deputada federal Alê Silva que os trabalhos continuam em ritmo normal e seguindo o cronograma do projeto de engenharia.

Conforme o general Antônio Leite, o Lote 7 será concluído e entregue na primeira quinzena de novembro deste ano, com a presença do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas. Já o Lote 3.1 está em andamento, porém, com os serviços que podem ser executados no período chuvoso. “Assim que as condições climáticas permitirem, os 13 pontos de necessidade de estabilização de talude serão atacados”, afirmou o diretor geral do Dnit.

Ainda com relação ao Lote 3.1, o tráfego será mantido em pista simples, com demandas de serviços da duplicação ainda para 2021. “A área onde desenvolve a BR-381 sofre um trabalho de zootecnia muito intenso. Com isso, foi necessário o aperfeiçoamento do projeto demandando outros trabalhos complementares. É importante esclarecer que as obras não estão paralisadas, de forma alguma”, garante o superintendente regional do Dnit, Gustavo Frederico Borges, desmentindo informações veiculadas no final de semana em portal de notícias no Vale do Aço.

A preocupação da deputada federal Alê Silva é evitar que notícias deturpadas e que tem propósitos políticos e eleitoreiros, provoquem desinformação quanto a realidade do andamento das obras de duplicação da BR-381. “Nós que somos da base do governo, precisamos estar atentos, para evitar que a oposição ao governo federal se aproveite do momento e da ausência de informações detalhadas por parte do Ministério para criar uma narrativa que essa obra não vai ficar pronta e que as promessas que foram feitas não serão cumpridas. Por isso é bom recorrer ao conhecimento técnico e fundamentado para transmitir a população, derrubando assim a narrativa da oposição”, explica a deputada federal Alê Silva, eleita em 2018 para ser os olhos do governo federal na região do Vale do Aço.

 

 

 

Publicações relacionadas