Tá procurando o quê?
Onde?

Testes rápidos serão realizados nas UBS’s de Ipatinga a partir do 14º dia de sintomas

 Testes rápidos serão realizados nas UBS’s de Ipatinga a partir do 14º dia de sintomas

A partir do dia 1º de outubro, em Ipatinga, os testes rápidos em pacientes notificados e que passaram a figurar no rol de suspeitos pela Covid-19 serão realizados nas 21 Unidades Básicas de Saúde do município.

O paciente que apresentar os sintomas do coronavírus, procurar a UBS de referência e for diagnosticado pelo médico como suspeito de ter contraído a doença terá o exame agendado para ser realizado a partir do 14º dia de início dos sinais. Feito o teste, o resultado será entregue de imediato ao paciente.

A mudança de protocolo no município ocorreu após publicação, pelo Governo do Estado, da Nota Técnica 07/2020. De acordo com o documento, que estabelece um novo critério clínico e epidemiológico para realização de testes rápidos, eles se darão nos suspeitos pela Covid-19 a partir do 14º dia de aparecimento dos sinais e sintomas.

A diretora do Departamento de Vigilância em Saúde em Ipatinga, Mara Fernanda Andrade, explica que a alteração do período recomendado para aplicação do teste foi feita com base em estudos de resultados e validação dos exames.

“Anteriormente, a orientação do Estado para aplicação dos testes rápidos era de que os exames fossem realizados no período de 8 a 14 dias após os primeiros sintomas. Agora, após um estudo conduzido pela Secretaria Estadual de Saúde em parceria com a Fiocruz, a nota enviada orienta a mudança, e o município está se adequando à nova realidade”, explicou.

Mara também esclarece a razão de o teste rápido não ser mais feito em domicílio, como acontecia antes. “Por questão de segurança, os testes eram feitos em casa, uma vez que no período em que acontecia o procedimento (entre o 8º e 14º dia de sintomas) o paciente ainda estava em isolamento e não podia deixar suas residências. Após o 14º dia, e seguindo essa nova orientação, ele pode ser realizado nas UBS’s porque os pacientes saem do período de quarentena e não há perigo de transmissibilidade”, detalha a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde.

RT-PCR

Além do teste rápido, o município de Ipatinga também adotou, desde o início do mês de agosto, a realização do exame RT-PCR em domicílio, para pessoas acima de 50 anos que possuem alguma comorbidade e que estejam entre o 3° e 7° dia de sintomas da Covid-19.

A partir do dia 1º de outubro, o procedimento também será realizado na própria UBS para os pacientes notificados com suspeita da doença e que forem indicados pelo médico.

Além de idosos e pacientes com comorbidades, a nova nota técnica do Estado também indica a realização do RT-PCR em todos os casos de suspeitos hospitalizados, óbitos suspeitos, profissionais da saúde e da segurança pública sintomáticos, assim como profissionais de serviços essenciais que apresentem sintomas da doença.

O RT-PCR é aquele procedimento em que é feita a coleta de material do nariz do paciente, por meio de um cotonete.

Nesse caso, a conclusão sobre o teste é liberada após cinco dias, e o contato para saber o resultado do exame é feito pela Unidade de Saúde de referência do paciente, explicam as autoridades sanitárias do município.

Publicações relacionadas