Tá procurando o quê?
Onde?

Golpistas que roubavam dinheiro do FGTS são presos em hotel de Ipatinga

 Golpistas que roubavam dinheiro do FGTS são presos em hotel de Ipatinga

Uma dupla de golpistas que roubava valores do saque emergencial de beneficiários do FGTS foi presa nesta terça-feira (15) em Ipatinga, no Vale do Aço. Os suspeitos estavam hospedados em um hotel desde a semana passada e, durante a operação, a Polícia Militar (PM) apreendeu mais de R$ 23.000 com os estelionatários. Além disso, foram localizados diversos celulares e quase 40 chips.

Conforme o boletim de ocorrência, todo o dinheiro veio de contas do FGTS liberadas pela Caixa Econômica Federal. Para realizar o golpe, eles conheceram um criminoso no WhatsApp que fornecia os números de CPF de pessoas que tinham direito ao saque emergencial de R$ 1.045 liberado por conta da pandemia.

Em seguida, os suspeitos acessavam uma página na internet que fornecia o restante dos dados pessoais das vítimas. E através de celulares diferentes, eles baixavam o aplicativo “Caixa Tem”, segundo a PM, e inseriam as informações. Para confirmar o cadastro, a plataforma exigia uma contrasenha enviada via SMS para um número cadastrado pelos próprios suspeitos – para cada CPF, era utilizado um chip diferente.

Com essa artimanha, eles conseguiam agir como sendo os donos das contas para o saque e solicitavam a liberação do dinheiro. O próprio aplicativo do banco liberava um código usado para realizar o saque nas agências da Caixa sem necessidade de cartão ou senha.

Ostentação

Os estelionatários estavam hospedados no local desde a última quarta-feira (10). Com o dinheiro roubado das contas do FGTS, eles fizeram diversas compras na cidade de bebidas, celulares caros, roupas, além de gastos excessivos em restaurantes. De acordo com a PM, o valor arrecadado com o golpe é bem superior ao dinheiro apreendido.

A dupla foi conduzida para a sede da Polícia Federal em Governador Valadares, no Vale do Rio Doce.

Fonte: O Tempo

Publicações relacionadas