Tá procurando o quê?
Onde?

Saiba as regras que você terá que seguir ao votar neste ano

 Saiba as regras que você terá que seguir ao votar neste ano

As eleições municipais de 2020 de novembro terão um protocolo sanitário para evitar a disseminação de coronavírus entre eleitores e mesários. Entre as regras estão a obrigatoriedade do uso de máscaras pelos eleitores e mesários.

– Se estiver sem máscara, não pode entrar [no local de votação] – afirmou o presidente do TSE, Luís Roberto Barroso.

 

O Plano de Segurança Sanitária foi elaborado por especialistas da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), do Hospital Israelita Albert Einstein e do Hospital Sírio-Libanês.

Os cerca de 95 mil locais de votação serão adaptados para manter distanciamento mínimo de 1 metro entre os eleitores e terão álcool em gel disponíveis antes e depois da votação. O horário foi ampliado em uma hora para evitar aglomerações.

Segundo o TSE, empresas doaram 9,7 milhões de máscaras descartáveis, 1 milhão de litros de álcool em gel para eleitores e 2,1 milhões de frascos individuais para os mesários.

A Justiça Eleitoral também excluiu a identificação biométrica e alterou o protocolo de entrega dos documentos, que agora devem ser apenas exibidos aos mesários.

VEJA AS REGRAS

– Uso de máscara será obrigatório;
– Proibido ingerir alimentos, beber ou qualquer atividade que exija a retirada da máscara;
– Fitas demarcarão distanciamento de 1 metro entre eleitores;
– Exclusão da identificação biométrica;
– Confirmação da identificação através da assinatura no caderno de votação;
– Levar a própria caneta (do contrário, será usada a caneta coletiva);
– Eleitor é orientado a higienizar as mãos antes e depois de votar;
– Mesários receberão máscaras para trocar a cada 4 horas, face shield e álcool em gel individual;
– Eleitores e mesários que apresentarem febre nos 14 dias anteriores não devem comparecer e poderão justificar a ausência. Mesários devem notificar sua zona eleitoral.

Além disso, o eleitor poderá justificar ausência no aplicativo e-Título, disponível para celulares e tablets com sistemas operacionais iOS ou Android, sem sair de casa. A medida foi tomada para reduzir o fluxo de pessoas nos locais de votação.

O TSE também orienta que o horário das 7h às 10h seja preferencial para pessoas acima de 60 anos, um dos grupos considerados de risco para o coronavírus.

Eleitores que não fazem parte do grupo de risco poderão votar neste horário, mas a ideia da recomendação é que idosos sejam majoritariamente atendidos neste período do dia.

Fonte: Pleno News

 

Publicações relacionadas