Tá procurando o quê?
Onde?

Luciano Hang vence Miriam Leitão na Justiça

 Luciano Hang vence Miriam Leitão na Justiça

O empresário Luciano Hang, dono das lojas Havan, obteve uma vitória na Justiça após o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro negar uma ação movida pela jornalista Miriam Leitão, da Rede Globo. O objeto da ação seria um vídeo produzido por Hang contra a comentarista da GloboNews.

O processo já transitou em julgado e não cabe recurso por parte de Miriam.

No vídeo, Hang usa uma peruca e se autointitula “Miriam Leão”, da emissora “Cubavision”. Ainda na paródia, ele diz que a jornalista estava “possessa” porque Bolsonaro havia passado para o 2º turno das eleições.

– Acho que ela não arrumou o cabelo, não dormiu à noite, ela estava possessa ontem, porque ela achava que o Bolsonaro não ia vencer o primeiro turno – diz no início da paródia.

Segundo a colunista Dagmara Spautz, do portal NSC Total, a jornalista alegou que o vídeo incentivou discursos de ódio contra ela, após a comentarista acusar Hang de pressionar seus funcionários a votarem em Jair Bolsonaro, em 2018.

– Foram atacadas a reputação, a dignidade, a honra, o nome e a imagem da Apelante, com o objetivo de ofendê-la e abalar sua credibilidade profissional – diz trecho do processo.

Em sua decisão, o desembargador Wilson do Nascimento Reis argumentou que Miriam Leitão é uma figura pública e que as falas de Hang estavam “dentro de um limite tolerável, sobretudo em período de debate político intenso em razão de pleito eleitoral acirrado”.

– Os comentários que exacerbaram o razoável, violando, de fato, a imagem da autora não foram proferidos pelo réu, mas sim por alguns de seus seguidores na rede social, os quais não podem justificar a sua responsabilização por se tratar de hipótese de fato de terceiro – afirmou. Com informações do site Pleno.News.

Publicações relacionadas