Tá procurando o quê?
Onde?

PANDEMIA: O que você vai contar depois?

 PANDEMIA: O que você vai contar depois?

Juro que nunca imaginei na minha vida que iria enfrentar uma pandemia. Aliás, essa palavra tampouco usada no passado agora faz parte do vocabulário de todos nós.

Estávamos assistindo ela de longe em pleno natal e réveillon. Enquanto na China e Europa ela assolava as pessoas, a maioria de nós sequer imaginava que isso ia acontecer aqui. E SIM, só depois que acontece em nossa vida que tomamos pé da coisa toda.

Fico pensando porque agimos assim? Será que é de nossa natureza, não acreditar que algo tão ruim irá nos afetar mesmo quando já está afetando o outro?

Toda hora vai e vem na minha cabeça, pensamentos do início dessa confusão toda (mais adiante explico porque estou chamando de confusão). Lembro bem do início, da convivência com as dúvidas e afirmações principalmente. Mas eu, e os meus, certamente mudamos muito.

Nunca trabalhamos tanto em nossas vidas! Parece que jogaram uma bomba em cima de nós e estamos cada um a seu modo, reconstruindo nosso cotidiano, em meio a dúvidas e mais dúvidas. A nossa história está sendo reescrita vamos assim dizer. Mas graças a Deus, nós estamos seguindo, usando tudo que aprendemos até aqui para literalmente nos reinventar.

Mas no meio dessa zorra toda, tem gente sofrendo, indo morar nas ruas, passando fome, perdendo os bens que conseguiram conquistar, se divorciando, entrando em depressão, se matando, matando o outro, enfim … muita coisa difícil.

Uma minoria consegue bater no peito e dizer: “eu me dei bem com a pandemia”.
Alguns setores estão super aquecidos com essa confusão. Estão lucrando sim, e não vejo nada errado com isso.

Mas a pandemia me mostrou principalmente, que não adianta só um pequeno grupo ser feliz. É preciso que mais gente possa continuar sonhando, acreditando que podem conquistar seus objetivos, que podem seguir em frente. Mas ela tirou isso de muita gente. E tirou de uma forma abrupta vamos assim dizer.

A nossa retomada, vai sim ser mais difícil do que a de alguns países, porque conseguimos transformar uma crise, em CONFUSÃO. Principalmente política. Os que apoiam, os que não apoiam, os que tomam os remédios, os que não tomam, os que acham que fecha tudo, os que acham que abre tudo. E agora no finalmente, isso tudo tá ficando muito chato. Ninguém aguenta mais tanto mimimi.tanto “dedo na cara”.

O que eu vou contar depois?

Bem, eu vou contar que foi muito difícil. Mas que guardei a minha fé o tempo todo. Que lutei muito. Que fiquei com medo, mas mesmo assim avancei, arrisquei, fui para cima mesmo. E ESTÁ DANDO CERTO!

A pandemia ensinou que em 24 horas, tudo muda. Ensinou que temos que ser mais camaleões e menos bicho preguiça. Que estamos vivendo em um mundo cheio de preconceitos e pessoas chatas. E vai ser assim daqui para a frente.

E assim vamos seguindo as nossas vidas, retomando pouco a pouco, fazendo as coisas sem perceber, que isso tudo passará, mas está deixando marcas muito fortes em nós. E a pergunta chave que todos devemos responder a nós mesmos é:

“O que eu vou fazer com tudo isso que vivi?”

Publicações relacionadas