Rihanna e CEO do Twitter doam R$ 80 milhões para serviços de saúde mental

 Rihanna e CEO do Twitter doam R$ 80 milhões para serviços de saúde mental

A cantora Rihanna, através da sua Fundação Clara Lionel, se juntou ao CEO do Twitter, Jack Dorsey, para doar pouco mais de US$ 15 milhões para organizações que trabalham com a causa da saúde mental nas cidades de Newark e Chicago (EUA). O valor equivale a mais de R$ 80 milhões.

As doações serão divididas entre várias instituições que provêm serviços de saúde mental e ainda apoiam outras ações que buscam ajudar “aqueles excluídos dos programas federais de estímulo econômico” em meio a pandemia do novo coronavírus.

“Injustiças raciais perpetuadas por sistemas se segurança social estão exacerbando o impacto do coronavírus na saúde mental de indivíduos e famílias por toda a extensão dos EUA”, disse a Fundação Clara Lionel em um comunicado oficial, segundo a People.

“Mesmo enquanto a maioria dos estados está começando a relaxar medidas de isolamento, milhões de americanos continuam enfrentando desafios que ameaçam sua saúde física e mental, além do seu status econômico”, completou o texto.

Parceria

A colaboração entre a fundação de Rihanna e o CEO do Twitter tem se mostrado frutífera nos últimos meses. Em abril, eles doaram US$ 4,2 milhões (mais de R$ 22 milhões) para organizações que lutam contra a violência doméstica, problema exacerbado pela quarentena.

Na ocasião, os dois disseram que os fundos providos por eles “ajudariam a dar 10 semanas de apoio a indivíduos que sofreram violência doméstica, incluindo abrigo, alimentação e cuidados psicológicos”.

Fonte: Uol

 

Publicações relacionadas

X