Luísa Sonza sofre ataques e muitos deslikes em novo clipe, e debocha

 Luísa Sonza sofre ataques e muitos deslikes em novo clipe, e debocha

A cantora Luísa Sonza vem sofrendo, de novo, ataques de haters na internet. Dessa vez por conta de seu novo clipe, “Flores”, uma parceria com Vitão. Publicado no Dia dos Namorados, na última sexta-feira, 12, o vídeo tem recebido uma avalanche de “dislikes”, ou seja, reações negativas, além de comentários machistas.

Em menos de 48 horas no ar, o clipe já foi visto por mais de 5 milhões de pessoas no YouTube, e o número de reações negativas é maior que os “joinhas” positivos.

“Minha equipe queria privar os likes e dislikes. Eu não vou privar porque quero que vejam como as mulheres são tratadas até quando só estão fazendo o seu trabalho nesse país. De verdade, estou feliz por ser a pessoa que passa por isso, porque sei que não são todas que aguentariam como eu aguento todos esses anos. Sempre serei voz por nós, mulheres. Nunca ninguém vai me parar. Fiquem tranquilas”, concluiu Sonza.

No Twitter, a artista recebeu apoio de outras celebridades e fãs. A hashtag “Luísa estamos com você” é um dos temas mais comentados deste sábado, 13. Inclusive, o humorista Whindersson Nunes, saiu em defesa da ex-mulher.

“Também quero deixar claro que não compactuo com nenhum tipo de hate. A tristeza dos outros me entristece. Não vejo justiça em julgar. Se você gosta de mim ou for meu amigo, não participe desse tipo de coisa”, escreveu o youtuber.

Whindersson também revelou nas redes que seus dados e os de Luísa foram colocados em um grupo de haters. “Nunca pensei que fosse passar por isso na vida, me colocaram num grupo expondo os documentos e endereços, meus, de meus familiares, da Luísa, dos familiares dela, esse é o tipo de coisa que o hate alimenta parem com isso gente, por favor”, escreveu.

Luísa Sonza se deparou com uma onda de dislikes em “Flores”, novo clipe lançado com Vitão na última sexta-feira (12). No Youtube e até em outras redes sociais, a cantora vem recebendo uma enxurrada de críticas a respeito da letra e vídeo da música, na qual protagoniza cenas para lá de sensuais. Em seu perfil do Twitter, a gaúcha não se mostrou abalada pela campanha feita contra ela e ainda ironizou: “A meta é passar o Justin Bieber”. A canção do canadense “Baby” foi visualizada por mais de duas bilhões de vezes e recebeu 11 milhões de “não gostei” na plataforma.

Fonte: catraca livre

Publicações relacionadas

X