Tá procurando o quê?
Onde?

Notificações de dengue sobem 42% em Ipatinga,aponta Secretaria de Saúde

 Notificações de dengue sobem 42% em Ipatinga,aponta Secretaria de Saúde

A Secretaria de Saúde de Ipatinga divulgou nesta terça-feira (26) o mais recente balanço de casos de dengue e chikungunya no município. As doenças causadas pelo mosquito aedes aegypti avançam, apontando um acréscimo significativo nos cinco primeiros meses de 2020 em comparação com o mesmo período do ano passado. Os dados mais preocupantes são em relação à dengue: são 764 casos computados, 42% a mais que o período de janeiro a maio de 2019.

“Esse resultado coloca nosso município na Fase 1 do plano de contingência, ou seja, estamos notificando um número superior a 100 infectados por 100 mil habitantes. Diante desse quadro, além das ações já frequentes adotadas contra as arboviroses, o município está providenciando uma prevenção com o carro fumacê nos bairros Cidade Nobre e Ideal, seguindo cronograma estabelecido”, adiantou a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Mara Andrade.

Outro dado apurado no levantamento é que os casos de chikungunya aumentaram 16% de janeiro a maio deste ano. Nos cinco primeiros meses de 2019, foram 161 casos, 27 menos que em 2020, no mesmo período, em que já foram registradas 188 notificações.

“Temos percebido que as pessoas têm se esquecido de ações contra as arboviroses. Mesmo que as atenções estejam mais voltadas para a Covid, neste momento, é preciso lembrar que essas doenças causadas pelo aedes também são, em alguns casos, fatais. Temos de nos preocupar em não deixar água parada e cuidar para evitar o surgimento de criadouros do mosquito”, concluiu Mara.

 

Publicações relacionadas