Sindcomércio fala em “má vontade das autoridades” em não reabrir Shopping no Vale do Aço

 Sindcomércio fala em “má vontade das autoridades” em não reabrir Shopping no Vale do Aço

Sindcomércio fala em "má vontade das autoridades" em não reabrir o shopping no Vale do Aço

 

Dezenas de comerciantes do Shopping do Vale do Aço estão de portas fechadas desde o dia 21 de março, há mais de um mês. De acordo com o Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Bens e Serviços (Sindcomércio) do Vale do Aço, essa situação está prejudicando esses estabelecimentos.

Essas lojas estão de portas fechadas desde o dia 21 de março, quando a Prefeitura de Ipatinga decretou o fechamento do comércio como medida para conter o avanço de casos de Covid-19 no município.

Para o presidente do Sindcomércio Vale do Aço, José Maria Facundes, não existe razão para o centro de compras continuar fechado, uma vez que pode funcionar observando as recomendações da Organização Mundial de Saúde.

Há 19 shoppings abertos no país, inclusive o de Governador Valadares, que estruturalmente é parecido com o nosso. Gera em nós muita revolta essa má vontade das autoridades em não reabrir o Shopping Vale do Aço, comprometendo gravemente a operação do principal centro de compras do leste de Minas”, comenta.

No último dia 07 de abril, os prefeitos das principais cidades do Vale do Aço e promotores do Ministério Público se reuniram no Fórum Municipal de Ipatinga e decidiram emitir um decreto regional permitindo a flexibilização do comércio.

Com esse decreto, estabelecimentos comerciais não essenciais de diversos segmentos foram autorizadas a funcionar com horário reduzido, desde que fossem adotas medidas de prevenção contra o novo coronavírus.

Porém bares, restaurantes, lanchonetes, academias e shoppings não entraram nessa lista, podendo funcionar apenas por meio de delivery, no caso dos estabelecimentos do gênero alimentício.

Leia também: manifestantes pedem reabertura de bares, academias e shopping em Ipatinga; veja vídeo

Jair Vieira Zanela é sócio de uma loja de roupas infantis e artigos íntimos no Shopping Vale do Aço. Estar de portas fechadas, conforme ele, não só compromete o futuro de seu estabelecimento como também de todos os outros instalados no centro de compras.

“O Shopping, há alguns anos, têm enfrentado crises graves e, após a expansão, em momento algum a Administração conseguiu ocupar 100% dos espaços disponíveis. Se continuar impedido de abrir as portas, certamente outras lojas fecharão e a situação tende a piorar muito para todos, com mais lojas fechadas do que abertas em todo o mall”, analisa Jair.

O Shopping do Vale em Ipatinga tem 93 lojas, mas apenas algumas delas, como um hipermercado, um petshop e uma farmácia estão autorizados a abrir as postas para o público. Alguns estabelecimentos do gênero alimentício também funcionam por meio de Delivery.

 

Tá procurando notícia? Dá um MaisVip que acha!

 

Publicações relacionadas

X