Tá procurando o quê?
Onde?

Coronavírus: Rapaz doente que teria dado festa em Fabriciano se defende

 Coronavírus: Rapaz doente que teria dado festa em Fabriciano se defende

Circula nas redes sociais nesta quinta-feira (09), um vídeo de um homem, chamado Cleisson Assis Cirino, que afirma ser o jovem de 27 anos que estaria com Covid-19 e teria dado uma festa para 20 pessoas em Coronel Fabriciano.

De acordo com as informações repassadas pela Polícia Civil para a imprensa nessa terça-feira (7), um jovem com Covid-19, que não teve a identidade revelada, está sendo investigado por ter feito uma festa no último sábado (4) em sua casa.

Segundo a polícia, o jovem está sendo investigado pelos crimes de perigo de contágio de moléstia grave e infração de medida sanitária preventiva por ter feito a festa após ser informado que estaria contaminado com o novo coronavírus.

No vídeo, Cleisson assume para si a identidade do jovem investigado e explica a sua versão. Conforme o rapaz, ele se reuniu com seus amigos em um lava jato, respeitando as medidas de segurança e isolamento social que buscam a prevenção contra o Covid-19.

No relato, ele revela que no dia 5, às 22h30, a médica da Prefeitura de Fabriciano foi até a sua residência, onde confirmou que ele teria testado positivo para o coronavírus. E, desde então, ele estaria seguindo à risca a recomendação de quarentena e distanciamento pessoal.

Ele afirmou ainda que quer colaborar com as investigações da PCMG e acusa de serem falsas as informações que dão conta de que ele agiu de maneira displicente para com a gravidade da pandemia do Covid-19.

De acordo com o boletim epidemiológico da Prefeitura de Coronel Fabriciano, divulgado nesta quinta-feira (9), há apenas dois casos do novo coronavírus confirmados no município. O primeiro deles, o de uma mulher de 32 anos que já está curada; e o segundo, o de um homem de 40 anos, registrado no último dia 6. Nenhum dos casos confirmados é o do jovem que teria feito a festa.

A equipe do Portal MaisVip entrou em contato com a Prefeitura de Coronel Fabriciano, mas até o momento de publicação desta matéria não obteve resposta.

Confira abaixo o depoimento completo:

 

Publicações relacionadas