Bolsonaro quer demitir Mandetta e escolhe nome que agrada apoiadores

 Bolsonaro quer demitir Mandetta e escolhe nome que agrada apoiadores

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, perde força política e pode ser demitido ainda nesta segunda-feira (06), em meio à pandemia do novo coronavírus. 

Mandetta vem enfrentando uma série de críticas diretas de Jair Bolsonaro, pela política de restrições sociais contra a pandemia, o que é recomendado pela Organização Mundial da Saúde. 

Bolsonaro se reúne nesta tarde com o ex-ministro Osmar Terra e outros ministros do governo. Segundo a revista Crusoé, Mandetta não foi chamado. Osmar Terra virou contraponto de Luiz Henrique Mandetta e o nome agrada aos bolsonaristas. Ele diz que apenas idosos e grupos de risco devem ser isolados.

O ato oficial de exoneração de Mandetta está sendo preparado ainda hoje no Palácio do Planalto. A expectativa é que a decisão seja publicada em edição extra do Diário Oficial da União após reunião do presidente com todos os ministros, entre eles Mandetta, convocada para às 17h. 

Publicações relacionadas

X