Bolsonaro x Mandetta: presidente diz que “falta humildade” ao ministro

 Bolsonaro x Mandetta: presidente diz que “falta humildade” ao ministro

 

O presidente Jair Bolsonaro disse, em entrevista ao programa “Os Pingo nos Is” da rádio Jovem Pan, nessa quinta-feira (2) que falta humildade ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, para conduzir o Brasil neste momento de pandemia de Covid-19; o presidente admitiu ainda que a relação entre eles não está boa.

Olha, o Mandetta já sabe que a gente esta se bicando há algum tempo. Não pretendo demiti-lo no meio da guerra. Em algum momento, ele extrapolou. Respeitei todos os ministros, ele também. A gente espera que ele dê conta do recado. Tenho falado com ele. Ele está numa situação meio… Se ele se sair bem, sem problema. Nenhum ministro meu é indemissível”, disse Bolsonaro, em entrevista a rádio Jovem Pan.

O atrito entre eles ocorre devido ao impasse sobre a reabertura do comércio e a orientação da Organização Mundial da Saúde à respeito do isolamento social. O presidente é a favor de reabrir o comércio, sob medidas especiais para o combate a Covid-19, mas o ministro defende a orientação da OMS de que as pessoas devem permanecer em casa.

Para Bolsonaro, o ministro deveria “ouvir mais o presidente da República em alguns momento”. Ele afirmou, ainda, que “Mandetta cuida da Saúde, Guedes da economia” e que ele [Bolsonaro] “cuida para não ter atrito entre as duas áreas”.

O ministro foi questionado sobre a declaração do presidente e disse que não estava “sabendo de nada não”, que estava trabalhando

Não achei nada, não. Não estou sabendo de nada não. Estou trabalhando aqui. OK, vamos trabalhar. Lavoro, lavoro, lavoro (trabalho, em italiano)”, afirmou aos jornalistas.

Até essa quinta-feira (2), o número de casos confirmados do novo coronavírus no Brasil era de 7.011 casos.

Publicações relacionadas

X