Tá procurando o quê?
Onde?

FSFX intensifica medidas de prevenção ao Coronavírus

 FSFX intensifica medidas de prevenção ao Coronavírus

A Fundação São Francisco Xavier (FSFX), braço social da Usiminas, não tem poupado esforços para prevenir e minimizar a propagação do Coronavírus (COVID-19) no Brasil. Além de contar com equipes altamente capacitadas para atender aos pacientes de acordo com as orientações do Ministério da Saúde, a FSFX vem intensificando as medidas para garantir a segurança dos seus colaboradores e clientes. Mesmo antes de serem registrados casos do COVID-19 nas regiões onde atua, a Fundação antecipou-se criando um protocolo específico de triagem para casos suspeitos e reduziu o fluxo de pessoas nas unidades hospitalares com o objetivo de evitar a disseminação do vírus.

Desde então, uma série de ações têm sido implementadas na Instituição e as últimas medidas adotadas no Vale do Aço foram a paralisação no atendimento de algumas unidades descentralizadas, como a do bairro Canaã e a do bairro Ideal, em Ipatinga, a aquisição de 12 novos respiradores e monitores multiparâmetros para atendimento no Hospital Márcio Cunha (HMC) que vão dar suporte aos pacientes infectados pelo Corona e que exigem cuidados especiais. Foi criada ainda, uma nova Unidade de Terapia Intensiva na unidade I do HMC para atendimento específico dos casos de COVID-19.

Foi disponibilizado, também, um andar inteiro de internação no HMC I para atender aos pacientes detectados com o Corona e que não necessitem de cuidados intensivos. Outra medida importante adotada foi a aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) específicos para casos de COVID-19 para dar ainda mais segurança aos profissionais e pacientes. “Não temos poupado esforços para garantir a excelência na prestação de serviços e a segurança de todos. Nossas equipes estão empenhadas e treinadas para atenderem de forma eficaz os pacientes que precisarem utilizar as nossas unidades. É importante que todos estejam seguros nesse momento delicado que estamos vivendo”, reforça o diretor-presidente da FSFX, Dr. Salomao Maciel Dias Ferreira.

O Hospital Márcio Cunha foi a primeira unidade do Vale do Aço a suspender a visitação e a cancelar os atendimentos ambulatoriais, como exames e consultas para reduzir o fluxo de pessoas no local e direcionar esforços para o atendimento dos casos de urgência e emergência. A Campanha de Vacinação da Gripe foi reforçada e adequada para que colaboradores e beneficiários possam ser vacinados de forma segura e eficaz.

Ainda no Vale do Aço, a Fundação Educacional São Francisco Xavier suspendeu as aulas por tempo indeterminado para garantir que alunos e professores seguissem em isolamento domiciliar e o Centro de Odontologia Integrada (COI) manteve apenas os atendimentos dos casos de urgência. A FSFX segue avaliando alternativas que possam contribuir com a prevenção do COVID-19 com foco na saúde das pessoas e na continuidade das atividades da Instituição.

Publicações relacionadas