Tá procurando o quê?
Onde?

Abertas as matrículas para Educação de Jovens e Adultos (EJA) em Fabriciano

 Abertas as matrículas para Educação de Jovens e Adultos (EJA) em Fabriciano
Divulgação

A Prefeitura de Coronel Fabriciano, por meio da Secretaria de Governança Educacional, informa que estão abertas as matrículas para a Educação de Jovens e Adultos – EJA, para o primeiro semestre de 2020. Podem se matricular jovens e adultos com 15 anos ou mais, que tenham parado de estudar. No ato da matrícula, menores de 18 anos precisam da presença de um adulto, pai, mãe ou responsável.

As matrículas podem ser feitas até dia 13 de dezembro, das 8h às 21h, nas escolas municipais Raimunda Coura (bairro Caladinho de Cima), Argeu Brandão (Manoel Maia) e Paulo Franklin (Santa Cruz). É preciso apresentar os seguintes documentos: xerox e original da carteira de identidade, certidão de nascimento ou casamento, comprovante de endereço (conta de luz, água ou telefone) e uma foto 3X4.

A EJA tem propiciado a milhares de estudantes a oportunidade de concluir o ensino médio e com isso, ganhar condições para cursar uma faculdade ou mesmo ingressar de imediato no mercado de trabalho em funções que não exigem a graduação. O coordenador da EJA em Coronel Fabriciano, José Carlos dos Santos, explica que a reestruturação da EJA na cidade, nos últimos anos, tem atraído mais pessoas para a sala de aula. “Já vem num crescente desde 2017 e neste ano tivemos uma grande conquista que foi o transporte escolar. Quem não estudava porque tinha dificuldades para ir para a escola, agora não tem mais desculpas. Com isso, nós tivemos um aumento substancial na presença de alunos em sala de aula”, revelou.

Desde fevereiro deste ano, a Prefeitura Municipal implantou o transporte para alunos da EJA em duas escolas: Raimunda Coura e Argeu Brandão. O ônibus que atende à E.M. Argeu Brandão sai da área central e passa pela Rodoviária Velha e Melo Viana. Já o veículo que leva os alunos à Raimunda Coura sai do Mangueiras e passa por Santa Terezinha, Caladinho de baixo, Morada do Vale e outros bairros vizinhos. “As salas de aula agora estão lotadas. Estamos com o dobro de alunos que frequentaram a EJA em 2017”, completa José Carlos dos Santos.

Assim como os alunos do ensino regular, os estudantes da EJA também recebem kit escolar com mochila e uniforme completos.

Publicações relacionadas